terça-feira, 28 de fevereiro de 2012

ACHADO MATERIAL DA IGREJA PRIMITIVA COM A FACE DE JESUS


CÓDICES DE BRONZE

Numa gruta de Saham, Jordânia, localizada em uma colina com vista ao mar da Galiléia, foram encontrados 70 livros do primeiro século da Era Cristã que, segundo as primeiras avaliações de especialistas, contém a mais antiga representação do Cristianismo. O achado pode ser uma das maiores descobertas dos últimos tempos, pois traz relato sobre Jesus e a primeira representação do seu rosto, datada antes de 70 d.C (foto).O s livros tem a peculiaridade de serem gravados em folhas de bronze presas por anéis metálicos. O tamanho das folhas vai de 7,62 cm x 50,8 cm a 25,4 cm x 20,32 cm. Em média, cada livro tem entre oito e nove páginas, com imagens no centro e no verso de cada uma delas. Segundo Jornal britânico “Daily Mail”, um dos primeiros a divulgar o achado, 70 códices de bronze foram encontrados entre 2005 e 2007, e as peças estão sendo avaliadas por peritos na Inglaterra e na Suíça.

Fonte: Mensageiro da Paz

Veja mais sobre a descoberta no link: 
http://protestantismo.ieadcg.com.br/noticias/achado_material_igreja_primitiva_com_face_jesus.htm