quinta-feira, 16 de fevereiro de 2012

ONZE ANOS SEM O PASTOR ANTÔNIO NAOLI DE SOUZA



Dia 14/02/2012, fez onze anos em que partiu prematuramente (aos nossos olhos)  aos quarenta e oito anos de idade para os braços do Senhor, o saudoso Pastor Antônio Naoli de Souza. Nesta data, o dia de sua partida à celeste pátria, ficou bem marcada, porque, também era o dia do aniversário de seu filho primogênito. Tem coisas e mistérios de Deus que não entendemos, por mais que a busquemos que só a eternidade poderá nos revelar.

O legado deixado pelo primoroso pastor atravessa os anos na memória do povo cristão. Seus atos são retratados pelos fiéis mais antigos ao citá-los expressando a saudade que sentem das visitas carinhosas que fazia as suas ovelhas, principalmente quando não ás via nos cultos semanais. Outros falam da sua simplicidade, pois se adaptava com facilidade ao ambiente visitado; igualmente, os irmãos que gostavam de uma boa pescaria relâmpago, curtida ao pé do fogo, em que o valoroso companheiro não se afastava da beira d’água por nada, cuidando das linhas espraiadas ao longo das barragens, nem mesmo nas chuvosas tempestades, pois, quando amanhecia o dia, lá estava ele alegre com as suas traíras a mostrar para os dorminhocos.

Dentre tantos outros fatos curiosos registramos que nesta data, este que vos escreve, também aniversaria, e que na data de 18/8, aniversário do saudoso pastor, também é a data de aniversário de minha filha.

Neste pequeno registro, queremos deixar a nossa lembrança, e o nosso carinho a família Danzer de Souza, na pessoa da esposa, irmã Íria, dos filhos Jetter, Tiago, Maiquel e Miquéias, bem como as suas digníssimas famílias e aos demais familiares.


    Miquéias, Naoli, Íria, Jetter, Tiago e Maiquel


                                                                  Com carinho: Luis, Marta e família Oliveira

Deixe também o seu comentário e até mesmo as suas considerações sobre o artigo em questão.