sexta-feira, 3 de fevereiro de 2012

RESGATANDO OS MAIS BELOS CORINHOS DE LOUVOR


QUEM NOS FARÁ OUVIR AS COISAS ANTIGAS?


- Use-me a mim Senhor.
- Use a todos aqueles que estiverem lendo este singelo texto; e que ouvindo os louvores; lendo a Sua palavra, possam ser mais um arauto a divulgar que Senhor é o mesmo; que o Senhor não muda, e que não mudará jamais


Fazei-nos ouvir as coisas antigas; falar das coisas antigas; resgatar as coisas antigas, pois foram elas são as precursoras do Evangelho de Cristo.

O evangelho do Senhor Jesus Cristo está nas coisas simples, puras, nas coisas pacificas ofertada com amor, e isto é como um cheiro suave que sobe ao Trono do Altíssimo.

Resgatar, a pureza, a inocência e o verdadeiro louvor são uma dádiva divina que devemos buscar com zelo. Não procurando méritos de exaltação do homem, mas exaltar sim, a “Aquele” que vive e reina para todo o sempre.

Abrir os olhos do povo que se chama pelo seu nome é o verdadeiro dever de todo aquele que um dia almeja morar em celeste pátria

ASSIM DISSE O SENHOR JEOVÁ PELA BOCA DE ISAIAS:

Trazei O POVO CEGO, que tem olhos; e OS SURDOS, que têm ouvidos.
Todas as nações se congreguem, e os povos se reúnam; QUEM DENTRE ELES PODE ANUNCIAR ISTO, E FAZER-NOS OUVIR AS COISAS ANTIGAS? Apresentem as suas testemunhas, para que se justifiquem, e se ouça, e se diga: VERDADE É.
10  Vós sois as minhas testemunhas, diz o SENHOR, e meu servo, a quem escolhi; PARA QUE O SAIBAIS, E ME CREIAIS, E ENTENDAIS QUE EU SOU O MESMO, e que antes de mim deus nenhum se formou, e depois de mim nenhum haverá.
11  Eu, eu sou o SENHOR, e fora de mim não há Salvador.
12  Eu anunciei, e eu salvei, e eu o fiz ouvir, e deus estranho não houve entre vós, pois vós sois as minhas testemunhas, diz o SENHOR; eu sou Deus.
13  Ainda antes que houvesse dia, eu sou; e ninguém há que possa fazer escapar das minhas mãos; AGINDO EU, QUEM O IMPEDIRÁ? Isaias 43


Obs: Os hinos aqui expostos são de propriedade da sua autora. A ela seja dado todo o crédito.





SELEÇÃO DE CORINHOS PARTE 2


SELEÇÃO DE CORINHOS ANTIGOS PARTE 3