quinta-feira, 29 de março de 2012

A ARCA DE NOÉ É ENCONTRADA

O DILÚVIO

A historiologia bíblica relata com muitos detalhes  o evento do Dilúvio, onde mundo antigo jazia na perdição, e o seu juízo era chegado, pois, atingira o seu ápice diante do Supremo Juiz.  O Senhor ordenara a Noé que construísse uma arca para salvação de sua família, porque, o mundo de então seria destruído por águas.  Fato dito e acontecido; o diluvio veio como fora predito por Deus, e a catástrofe fora indômita e cruel. O passado agora jazia afogado e enterrado nos anais da sua  história.

Decorrido o tempo necessário para que os propósitos Divinos de juízo fossem findos, chegara a hora de cessar o opróbrio sobre a terra, e uma nova era iria florescer nas vidas de Noé e da sua família. Um novo mundo, uma nova razão e um novo recomeço estava oportunizado aos  seus sobreviventes. 

As águas, nas suas fontes, foram apaziguadas e a arca iria repousar em seu derradeiro porto. Quiz o Senhor preservar os seus resquícios, para que um dia a humanidade reconhecesse neles a testemunha que o Deus dos céus e da terra é implacável na sua ira quando em juízo. 

Nos montes  de Ararate, hoje Turquia, repousa a Arca da Salvação encravada nas geleiras, presa pelas amarras de sua história.  

O REPOUSO DA ARCA

1  E LEMBROU-SE Deus de Noé, e de todos os seres viventes, e de todo o gado que estavam com ele na arca; e Deus fez passar um vento sobre a terra, e aquietaram-se as águas.
Cerraram-se também as fontes do abismo e as janelas dos céus, e a chuva dos céus deteve-se.
E as águas iam-se escoando continuamente de sobre a terra, e ao fim de cento e cinqüenta dias minguaram.
E a arca repousou no sétimo mês, no dia dezessete do mês, sobre os montes de Ararate. (Gênesis 8)

No céu, em tempos de chuva, muitas vezes vemos o sinal do Concerto que o Grande Jeová fizera com Noé naqueles dias, através do espetacular ARCO ÍRIS.

Vejam o vídeo no todo, e algo inefável ficará escrito como verídico em vossas mentes; em vossos corações.



ENQUANTO ISTO NAS TEORIAS TERRENAS:
As Sagradas Escrituras dia a dia vão sepultando inapelavelmente a tese do evolucionismo de Charles Darwin, onde  solenemente o Criacionismo descrito no Livro dos Princípios  sobeja em fatos; em dados e evidências arqueológicas. O Elo Perdido  do evolucionismo nunca será achado, pois, ele na verdade não existe.


A Sacro Santa Palavra de Deus bem o diz que:
"Deus não é homem, para que minta; nem filho do homem, para que se arrependa; porventura diria ele, e não o faria? Ou falaria, e não o confirmaria?"  (Números 23 : 19)

Expresse a sua opinião; divulgue que o Santo Livro provindo da inspiração do Supremo Senhor, atravessa incólume os séculos até a consumação dos tempos, na vinda triunfal do Senhor Jesus Cristo de Nazaré.

Luis D. Oliveira