segunda-feira, 19 de março de 2012

SANTIDADE AO SENHOR


SEDE SANTOS PORQUE EU SOU SANTO
Nunca o evangelho foi tão anunciado como nos dias de hoje. As ditas novas visões não poupam esforços para alcançar as grandes massas. O evangelho muitas vezes é rotulado como um produto de mercado procurando atrair clientes pelas suas benesses materiais.

As amenidades rotuladas no escopo, não deixam lugar para as dificuldades BÍBLICAS das contra indicações. Isto de certa forma corrobora com o dito pelo apóstolo Paulo: Mas que importa? Contanto que Cristo seja anunciado de toda a maneira, ou com [...]. Filipenses (1:18)”. 

Neste ínterim, poucos anunciam que a validade salvífica proferida pelo Senhor Jesus arraiga-se nestas indiscutíveis verdades: 

“[...] aquele que não nascer de novo, não pode ver o reino de Deus”. “[...] Na verdade, na verdade te digo que aquele que não nascer da água e do Espírito, não pode entrar no reino de Deus”. (João 3:3, 5).

Aquelas celebres palavras proferidas pelo Senhor Jesus naquela noite a Nicodemos, príncipe dos judeus, que: "Aquele que não nascer de novo, não pode ver o reino de Deus” envolvem o grande enigma da salvação. Há que haver transformação para a santificação, pois, sem esta, não haverá remissão e, com isto a redenção da alma fica infrutífera. 


O prosseguir em ser o que era dantes, em que se era investido dos costumes do mundo é um abismo que separa a vida terrena da vida eterna em Cristo Jesus. Vestir-se de uma nova criatura, morrendo para as coisas do mundo implica em adentrar a um conceito divino primordial:"Há que ser santo, pois Ele Santo é".


Não tirou Deus o seu povo do Egito para que ele não venha a santificar-se diante da sua presença; da mesma maneira não tirou-nos o Senhor do mundo para não santificar-nos diante da sua presença, pois, ELE é santo, e santos tem que serem aqueles que Dele se aproximam.

"Porque eu sou o SENHOR, que vos fiz subir da terra do Egito, para que eu seja vosso Deus, e para que sejais santos; porque eu sou santo."  (Levítico 11 : 45)


EPIGRAFE BÍBLICA 

A SANTIDADE CRISTÃ É OPOSTA AOS COSTUMES DOS GENTIOS


EFÉSIOS 5

17  E digo isto, e testifico no Senhor, para que não andeis mais como andam também os outros gentios, na vaidade da sua mente.
18  Entenebrecidos no entendimento, separados da vida de Deus pela ignorância que há neles, pela dureza do seu coração;
19  Os quais, havendo perdido todo o sentimento, se entregaram à dissolução, para com avidez cometerem toda a impureza.
20  Mas vós não aprendestes assim a Cristo,
21  Se é que o tendes ouvido, e nele fostes ensinados, como está a verdade em Jesus;
22  Que, quanto ao trato passado, vos despojeis do velho homem, que se corrompe pelas concupiscências do engano;
23  E vos renoveis no espírito da vossa mente;
24  E vos revistais do novo homem, que segundo Deus é criado em verdadeira justiça e santidade.




A PAZ COM TODOS:
Apaziguar os ânimos e trabalhar pela paz é a missão dos pacificadores provindos do Reino do Príncipe da Paz. De igual modo corrobora uníssono no plano divino a santificação. Porque; não há um sem o outro; é como a alma e o espírito, onde ambos são inseparáveis:

 "Segui a paz com todos, e a santificação, sem a qual ninguém verá o Senhor;"  (Hebreus 12 : 14)

"Amar é viver e viver é amar". O amor é a principal essência de um todo. Porque, sem o amor, onde andaria a paz?
Onde está a paz, reina a harmonia; onde está a harmonia verbera a comunhão. Conjuntamente com a comunhão agrega-se a santificação, pois, sem paz não há comunhão, e sem comunhão não há santificação; porquanto, divide-se este reino, e um reino dividido não prospera. 


HÁ QUE TER SANTIDADE



Que o Senhor nos ajude a santificar-nos mais e mais ainda, pois na palavra Está Escrito:


"Quem é injusto, faça injustiça ainda; e quem está sujo, suje-se ainda; e quem é justo, faça justiça ainda; e quem é santo, seja santificado ainda."  (Apocalipse 22 : 11)