quinta-feira, 6 de setembro de 2012

SANTIDADE: "ASSIM ME DISSE O SENHOR"

Há tempos atrás, numa manhã levantei-me um tanto preocupado, pois, "ouvira algo do Senhor". Um misto de auto análise com um complexo de mea culpa permeou-me a mente, no que não estaria de acordo com  Ele na (minha) nossa vida do dia a dia, venho-me intempestivamente.

É certo que o Senhor fala conosco de muitas maneiras, e esse falar pode ser através de sonhos, dos seus oráculos, de interpelações audíveis ou até mesmo através da consciência, e no dito falar ao coração. E o que ouvira sonora e pausadamente DELE numa madrugada fora que: "A SANTIDADE NÃO É UMA PALAVRA,... É UM ESTADO". Aquelas palavras abriam um leque de prerrogativas as quais teriam que ter um sentido lógico. Não seria ao mero acaso que estas palavras foram assim proferidas pelo Grande Jeová. 

O SIGNIFICADO DE SANTIDADE

O significado dessa Santidade, “kedushá” está explicito numa qualidade ambivalente – por um lado, “se afastar de, se separar de “ – ou seja, negar determinado elemento e, por outro lado, “se dedicar a, praticar tal coisa” no sentido positivo.

Aplicando esse conceito ao Povo de Israel, seria por um lado se afastar de todo o que está em contra da Vontade Divina e por outro se dedicar ao Seu serviço.

A HISTÓRIA:
Há pouco tempo atrás escrevera neste blog sobre o assunto com o título de "Santidade ao Senhor", em um tema que está muito em evidência nestas últimas horas que antecedem a VINDA DO SENHOR JESUS CRISTO. Porque, a palavra divina nos alerta no: "SEDE SANTOS, PORQUE EU SOU SANTO", e isto não é uma paródia de literatura contemporânea ou de mitologia grega, mas, É UMA EQUIVALÊNCIA BÍBLICA necessária a aquele que pretende estar com o Senhor Jesus quando da restauração do Seu Reino.

OS MISTÉRIOS DE DEUS: De outra feita, há um considerado tempo atrás, estava também escrevendo A UMA IRMÃ sobre o mesmíssimo tema, para satisfazer uma curiosidade sua sobre "qual seria o verdadeiro sacrifício?" - e ao terminar a idéia, o parágrafo todo foi misteriosamente envolto por uma linha que corria solicita até fechar o quadro. Foi como se tivesse criado e colocado após o texto, uma caixa texto ou até mesmo uma célula de uma tabela do Word. Quem usa o Word sabe que criamos antes a caixa texto ou a célula de uma tabela para depois escrevermos dentro. Senti que a mão divina estava dando ênfase a aquilo que inspiradamente tinha sido escrito, com mostra abaixo:


O prosseguir em ser o que era dantes, em que se era investido dos costumes do mundo é um abismo que separa a vida terrena da vida eterna em Cristo Jesus. Vestir-se de uma nova criatura, morrendo para as coisas do mundo implica em adentrar a um conceito divino primordial: Há que ser santo, pois Ele Santo é.

Certamente a última Interpelação Divina e o mistério do enquadramento do texto acima vem compor uma misteriosa mensagem de advertência, de temor e obediência.

A santidade não é de fora para dentro, mas de dentro para fora. Ela não está só no vestir o exterior, mas principalmente o interior. O corpo como um espelho irá refletir as condições do espírito e da alma. Não se pode ser santo por dentro e não o ser por fora; porém, Até podemos demonstrar que somos santos por fora e não o sermos por dentro. A santidade é uma vestimenta de espírito, alma e corpo.


Há que se trocar; transmudar; transformar a maneira a qual vivíamos dantes no mundo, pois isto nos separa de Deus. Há que se investir de uma nova criatura, morrendo inteiramente para as coisas do mundo, para que possamos trilhar  verdadeiramente o caminho da santidade. Porque, sem a qual NINGUÉM VERÁ O SENHOR, pois, ELE é Santo e só os santos poderão O Vê-lo (Hb.12:14).


A frase ouvida: "A SANTIDADE NÃO É UMA PALAVRA, É UM ESTADO" nos levou a meditar do porque nos fora dito isto, bem como sobre a essência da VERBALIZAÇÃO ouvida no seu todo.

CONCLUSÃO:
O que se conclui é que A SANTIDADE excede as letras que a identifica como santidade. Que o seu conteúdo é muito mais abrangente que o som da sua verbalização. O que ela representa é indescritivel por um mero agrupamento de letras identificando a palavra. Portanto, a Santidade é uma condição in-medível pela palavra que a identifica. ENTÃO: A SANTIDADE REALMENTE "NÃO É SÓ UMA PALAVRA", o seu conteúdo, a sua essência é muito além da palavra e que esta palavra é aquém dela. "SANTIDADE É UM ESTILO DE VIDA" em que a cada dia procuramos nos purificar, colocando-nos na inteira vontade de Deus.

O ESTADO DE SANTIDADE
Conquanto, A SANTIDADE COMO ESTADO ou seja um ESTADO DE SANTIDADE representa uma condição in-repreensível  de purificação inerente a ABRANGÊNCIA  TRI-UNA DO  ESPIRITO, ALMA E CORPO da pessoa que a busca.. É um estado almejado para ser adquirido; buscado para ser encontrado, e por fim, é o prêmio de um esforço de servir a Deus na beleza de Sua Santidade, sem ressalvas, numa entrega verdadeira de espírito, alma e corpo.

CARACTERÍSTICAS DA SANTIDADE
A Santidade é progressiva; que não se pode desassociar quaisquer dos itens que a compõe.  A Santidade não é falada, ela é vivida. a Santidade não se compra; não se toma emprestada; ela é conquistada no dia a dia com muito esforço, abnegação e perseverança.  A Santidade em nós é aperfeiçoada por Deus, mediante a vontade de nos quebrantar nas Suas preciosas mãos.

QUEM NÃO PODE ALCANÇAR A SANTIDADE
O SOBERBO, O ORGULHOSO E O VAIDOSO, jamais alcançarão o ESTADO DE SANTIDADE a ser buscado por nossas vidas. Da mesma forma o desobediente, o rebelde, o desleixado e o mentiroso não a podem alcançar; porque, ela, só É alcançada na humildade, na mansidão e na obediência a palavra divina.

O QUE  DEPÕE PRINCIPALMENTE CONTRA A SANTIDADE SEGUNDO A PALAVRA DIVINA?
Sem dúvida nenhuma  A FRAQUEZA DA CARNE e as suas tentações é o principal impecilho, mesmo ainda que o espírito esteja pronto , porque o próprio Senhor Jesus assim o disse:

"Vigiai e orai, para que não entreis em tentação; na verdade, o espírito está pronto, mas a carne é fraca."  (Mateus 26 : 41).

AS OBRAS DA FRAQUEZA DA CARNE
"Porque as obras da carne são manifestas, as quais são: adultério, prostituição, impureza, lascívia, idolatria, feitiçaria, inimizades, porfias, emulações, iras, pelejas, dissensões, heresias,  invejas, homicídios, bebedices, glutonarias, e coisas semelhantes a estas, acerca das quais vos declaro, como já antes vos disse, que os que cometem tais coisas não herdarão o reino de Deus. (Gálatas 5:19-21)"

SÓ OS QUE POSSUEM O FRUTO DO ESPÍRITO PODEM POSSUIR A SANTIDADE
Gálatas 5:22  Mas o fruto do Espírito é: amor, gozo, paz, longanimidade, benignidade, bondade, fé, mansidão, temperança.
23  Contra estas coisas não há lei.

24  E os que são de Cristo crucificaram a carne com as suas paixões e concupiscências.

25  Se vivemos em Espírito, andemos também em Espírito.
26  Não sejamos cobiçosos de vanglórias, irritando-nos uns aos outros, invejando-nos uns aos outros. 

Corrobora de igual forma com o versículo 24 de Gálatas 5:
Romanos 12:1  ROGO-VOS, pois, irmãos, pela compaixão de Deus, que apresenteis os vossos corpos em sacrifício vivo, santo e agradável a Deus, que é o vosso culto racional.


2  E não sede conformados com este mundo, mas sede transformados pela renovação do vosso entendimento, para que experimenteis qual seja a boa, agradável, e perfeita vontade de Deus.

O ESTADO DE SANTIDADE É UM ESTILO DE VIDA EM DESACORDO COM O MUNDO
Quem verdadeiramente está em Cristo, nova criatura é; e não vive mais ele, mas, Cristo é o que vive nele. As coisas velhas já passaram, e eis que são novas todas as coisas. Quem era no passado, não o é mais no presente, pois, agora, pertence ao Senhor Jesus e não mais a ele; porquanto, Templo do Espírito Santo agora o é:

NÃO SOIS DE VÓS MESMOS
I Coríntios 3:


16  Não sabeis vós que sois o templo de Deus e que o Espírito de Deus habita em vós?
17  Se alguém destruir o templo de Deus, Deus o destruirá; porque o templo de Deus, que sois vós, é santo.



São poucos os que sabem que na medida que adotamos a cidadania divina passamos a pertencer a um dono e não somos mais de nós mesmos:

I Coríntios 6:


19  Ou não sabeis que o vosso corpo é o templo do Espírito Santo, que habita em vós, proveniente de Deus, e que não sois de vós mesmos?
20  Porque fostes comprados por bom preço; glorificai, pois, a Deus no vosso corpo, e no vosso espírito, os quais pertencem a Deus.

SE SOMOS VERDADEIRAMENTE TEMPLOS DO ESPIRITO SANTO E QUE O ESPIRITO DE DEUS HABITA EM NÓS, CONQUANTO, NÃO SOMOS DE NÓS MESMOS.

I  TESSALONICENSES 5:
19  Não extingais o Espírito.


20  Não desprezeis as profecias.
21  Examinai tudo. Retende o bem.
22  Abstende-vos de toda a aparência do mal.
23  E o mesmo Deus de paz vos santifique em tudo; e todo o vosso espírito, e alma, e corpo, sejam plenamente conservados irrepreensíveis para a vinda de nosso SENHOR Jesus Cristo.
24  Fiel é o que vos chama, o qual também o fará.


NÃO DEVERÍAMOS BUSCAR O ESTADO DE SANTIDADE POIS ELE SANTO É?