quinta-feira, 27 de setembro de 2012

DIAS DE ANGÚSTIA - DIAS DE DEPRESSÃO

Inesperadamente ela apareceu. Não avisou que vinha e nem fez cerimônia quando chegou. Ela ocupou o principal aposento da casa, tomou o controle e assentou na sala de estar, comandando as ações.

Daquela hora em diante o lume desapareceu, a alegria despediu-se e foi-se embora e as trevas tomou conta do coração. A dor e desesperança apossou-se da casa, levando a alma ao fundo do poço.

O sentimento era de que não haveria futuro; que não valeria mais a pena viver e que a despedida, o seu epilogo seria funesto. As portas haviam-se fechado e os seus ferrolhos eram do mais puro aço, interrompendo de uma forma melancólica a existência terrena.

O ocaso seria uma questão de tempo, porque o destino lhe parecia selado, pois o fardo de tão pesado não havia a minima chance de ser carregado. As possibilidades humanas estavam exauridas e o que a medicina com as suas ciências e drogas já tinham feito, em pouco ou quase nada mudaram o quadro desesperador ora apresentado. A depressão estava estabelecida e o seu diagnóstico de cura era quase uma utopia. Este mal segundo a OMS (Organização Mundial da Saúde) já atinge 350.000.000 de pessoas em todo o mundo.

Nesta hora em que a solidão, a angústia e o desespero que lhe acompanhava era uma realidade nua e crua, surge no horizonte uma tênue luz no fundo da alma, pois como um relâmpago que corta os céus nas noites de tempestade, iluminando por breves instantes o rosto do aflito, aquela tênue luz era um fio de esperança para aquela alma combalida, e sem forças para viver.


Fora lhes dito que quando todas as possibilidades humanas tinham negado o êxito, havia uma esperança com alguém que opera na faixa das impossibilidades humanas, e que quando ELE operava milagres aconteciam. Fora lhes dito que bastava lhe entregar a vida e seus cuidados a Aquele Senhor e o demais ELE tudo faria; fora lhes dito que ELE não só tirava o fardo,  que curava a alma, mas também lhes dava o passaporte para vida eterna com ELE em celeste pátria assim reveladas:


25  Naquele tempo, respondendo Jesus, disse: Graças te dou, ó Pai, Senhor do céu e da terra, que ocultaste estas coisas aos sábios e entendidos, e as revelaste aos pequeninos.

26  Sim, ó Pai, porque assim te aprouve.
27  Todas as coisas me foram entregues por meu Pai, e ninguém conhece o Filho, senão o Pai; e ninguém conhece o Pai, senão o Filho, e aquele a quem o Filho o quiser revelar.
28  Vinde a mim, todos os que estais cansados e oprimidos, e eu vos aliviarei.
29  Tomai sobre vós o meu jugo, e aprendei de mim, que sou manso e humilde de coração; e encontrareis descanso para as vossas almas.
30  Porque o meu jugo é suave e o meu fardo é leve. (Mateus 11).

Aquele (a) que deu crédito ao mensageiro indicando o caminho (João 14:6) certamente obteve e obterá a tão sonhada vitória para às suas vidas. Ele irá bem e sua família também começará a fazer parte da promessa de que a salvação se estenderá a ela, porque está Escrito que creia no Senhor Jesus e será tu e a tua casa (Atos 16:31) , pois tudo é possível a aquele que crer (Marcos 9:23).

Neste ínterim, aquele que estava perdido, será achado e o que não tinha possibilidade de vida, a terá em abundância.

Se você está nestas condições ou conhece a alguém que esteja? - Chegue-se ao Senhor Jesus Cristo ou indique-O como a única fonte de salvação a aquele que já está quase que irremediavelmente perdido.

Assim me veio, assim o escrevi.

Luis Oliveira