quarta-feira, 3 de outubro de 2012

ESCOLA BARRA ALUNAS PERTENCENTES A ASSEMBLÉIA DE DEUS POR USAREM SAIA


Tá bem que algumas denominações não queiram aderir ao mandado bíblico das mulheres usarem saias, o que é o seu direito, mas, dai  se o dito por não dito, caso tenha sido real de que a escola agora estaria impedindo o seu uso, é visto que perdeu-se todo  o bom senso do ir e vir sem prejudicar ninguém. Estaria também se perdendo a expressão religiosa na nação brasileira.

As coisas JÁ ESTARIAM SE ENSAIANDO PARA O SEU EPÍLOGO. Porque antes dos desmando serem estabelecido, sempre vem o seu ensaio. Se a população aceitar calada, dai estaria estabelecido o seu objetivo. O machado segundo a bíblia, está na raiz onde todo o mal deve ser cortado.

Tenham todos uma boa leitura

Este post aqui reproduzido pertence por direito ao link abaixo:

http://espaco-gospel-net.blogspot.com.br/2012/10/alunas-da-assembleia-de-deus-sao.html#more

terça-feira, outubro 02, 2012

Alunas da Assembléia de Deus são barradas em escola por usarem saia

Alunas de uma escola pública em Olinda foram barradas nesta segunda-feira (26) por estarem usando saia. Fieis da igreja Assembléia de Deus, elas foram impedidas de assistir aulas por causa da vestimenta.


O caso aconteceu na Escola Estadual Padre Francisco Carneiro, no bairro de São Benedito e uma das estudantes chegou a chorar por causa da atitude da direção da escola, segundo o G1.

“A gente foi barrada, logo hoje que tenho cinco provas, trabalhos, estudos. Isso aqui é uma escola do governo. Ele devia chamar a gente para dentro, não colocar a gente para fora. Vocês viram que ele fechou o portão na nossa cara”, falou a adolescente.



Segundo outra aluna aluna, o diretor disse que não poderia interferir na religião de ninguém mas tinha que averiguar o tamanho da saia. “Nossas saias estão bem decentes, estão em um tamanho ótimo”, contou a estudante Taylene Batista.


Maria José Ferreira, mãe de uma das alunas, disse que o fato nunca antes tinha ocorrido. As alunas usam saia desde que passaram a frequentar a igreja e nunca tinham sido impedidas de entrar.

Outro lado

A Secretaria de Educação de Pernambuco informou, segundo o Terra, que o fato de alunas evangélicas terem sido barradas na porta de uma escola pública em Olinda foi um “mal entendido”.

O secretário de Educação do Estado, Anderson Gomes, havia alertado para que o porteiro restringisse a entrada de meninas usando shorts e saias curtas. O porteiro, no entanto, entendeu que deveria barrar todo tipo de saia.

Ele desvinculou o fato de algum tipo de preconceito religioso. “Foi uma situação inusitada, nunca aconteceu, foi pontual e, certamente, serviu de aprendizado”, disse Gomes.

O fardamento disponibilizado pela Secretaria de Educação é apenas camisa e mochila. A recomendação é que a camisa seja usada com calça jeans e tênis, mas isso não é obrigatório.

Por Jussara Teixeira para o Gospel+