segunda-feira, 15 de abril de 2013

PASTOR MARCOS FELICIANO ESTÁ SENDO LANÇADO A PRESIDENTE DA REPÚBLICA PELO ATIVISMO GAY?



A excelência da sabedoria popular em seus adágios nos surpreende a cada dia com as conformidades de seus prenúncios. Quem já não ouviu alguém dizer: “O tiro saiu pela culatra e atingiu o atirador”; “o caçador virou a caça” ou até mesmo “o perseguido virou o perseguidor”?



Entretanto, o ditame ao qual iremos dissertar é: “Quanto mais se bate, mais ele cresce”.



Quem não lembra do caso Lulinha ternura? – Da presidente Dilma; da família Sarney; e de tantos outros casos nacionais e internacionais?



Como vemos no supracitado, manter a coerência democrática e pacífica ainda permeia a humanidade, dando ganho de causa aos seus afligidos.



Hoje, o Pastor Marcos Feliciano, o que é até um contra-senso, tem que agradecer os méritos, a galhardia e o desprendimento do ativismo gay na sua tenaz perseguição ao qual é o alvo.



Com tal intento sem dar-se conta o ativismo está abrindo a porta do abismo para que nele possa talvez até cair os seus pares.



Explique-se: “A detração até então, está virando promoção”.



A)    Nunca em tão pouco tempo alguém que era um tanto conhecido no meio evangélico, e há pouco tempo alçando vôo no meio político, tornou-se surpreendentemente tão conhecido, pois não só está semanalmente nas manchetes dos meios de comunicação nacional, mas até a nível internacional.


B)    Os holofotes da imagem dirigida contra, muito embora queiram coloca-lo como o vilão da vez, o tiro até agora como se vê está saindo pela culatra, pois ele está se consolidando a cada dia mais como o paladino, justificando-se como guardião na defesa do direito de existência da família brasileira.


C)    O apoio massivo do povo cristão de diferentes credos, neste quesito (direitos de família), está a cada dia gerando e unindo adeptos nas redes sociais, nas igrejas, e meios afins.


D)   A perseguição opressora desmedida na historiologia mundial, raramente gerou bons resultados ao perseguidor; pois, o povo tende a torcer pela parte mais oprimida.



Pelos dados cooptados vê-se que a população brasileira muito pouco está ficando alheia neste embate que está inflamando os meios de comunicação, onde cada qual está tomando o seu lado.



Os que são a favor dos direitos constituídos por Deus na preservação e integridade da família, estão conscientizando, e arregimentando adeptos na luta pela sobrevivência.



Os contras por sua vez têm nos do meio artístico, e suas mídias os seus principais garotos (as) propagandas, o que lhes é uma importante ferramenta.



Nesta batalha não está em jogo só a presidência da Comissão dos Direitos Humanos, mas às coisas vão muito além do que aparentam. Os interesses remontam as benesses dantes concedidas, e agora em risco de falência; e também pela projeção: futuramente a PLC 122; o casamento gay e o direito de adoção.



Porquanto, a candidatura informal do Pastor Marcos Feliciano a Presidência da República sugerida pelos seus concordantes, cresce a cada dia mais, fomentada até então como temos visto pelo ativismo tenaz.



O adágio popular do: “Quanto mais bate, mais cresce”, não só condiz com o que está acontecendo com o Pastor Feliciano, mas, também tem o seu respaldo nas Sagradas Escrituras, onde o perseguido “se” for injustamente será exaltado e o perseguidor será desmerecido:



MATEUS 5:10  Bem-aventurados os que sofrem perseguição por causa da justiça, porque deles é o reino dos céus;

11  Bem-aventurados sois vós, quando vos injuriarem e perseguirem e, mentindo, disserem todo o mal contra vós por minha causa.

12  Exultai e alegrai-vos, porque é grande o vosso galardão nos céus; porque assim perseguiram os profetas que foram antes de vós.

13  Vós sois o sal da terra; e se o sal for insípido, com que se há de salgar? Para nada mais presta senão para se lançar fora, e ser pisado pelos homens.

14  Vós sois a luz do mundo; não se pode esconder uma cidade edificada sobre um monte;

15  Nem se acende a candeia e se coloca debaixo do alqueire, mas no velador, e dá luz a todos que estão na casa.

16  Assim resplandeça a vossa luz diante dos homens, para que vejam as vossas boas obras e glorifiquem a vosso Pai, que está nos céus.

  
O TEMPO SERÁ O SENHOR DA RAZÃO

Só o tempo na vontade divina poderá confirmar ou não o que até então está se projetando como uma possibilidade latente.



Que à vontade de Deus prevaleça em todos os sentidos na vida da grande nação brasileira, e abençoe a todos sem acepção de pessoas.


Luis Oliveira



Post liberado para cópia desde que com o link do seu autor.