sábado, 4 de maio de 2013

UM DIA DEPOIS DO OUTRO

Há um ditado antigo que o tempo é o senhor da razão. Temos que dar tempo ao tempo, pois a regra é biblica que: "Há um tempo determinado por Deus para todas às coisas", e isso não muda.

Muito embora queiramos o fruto maduro antes do tempo para saboreá-lo prazeirosamente, isto jamais acontecerá; porque nunca dantes aconteceu.

Quando colocamos o fruto na estufa para apressá-lo, ele murcha, dá pinta, fica imaturo e indigesto.

Da mesma forma o "fruto da seca", amarela antes, e cai do galho. Já o "fruto da água em abundância" com às suas substâncias, se for apressado, incha, racha, mostra a carne, e cai do galho; ficando azedo e não servindo para mais nada.

No entanto, o fruto do seu tempo; na medida certa, o é aproveitável, aprazível e degustável; onde irá alimentar muitas almas com amor, dedicação e entendimento.

Quando quís crescer antes do tempo, cai e dei com a cara no muro. O tombo foi feio interiormente, com feridas profundas, mas a escola da vida foi abundante e proveitosa.

Infelizmente, é com os nossos erros quando lambemos às feridas para proveito próprio, que neles mais aprendemos.

Ninguém pode viver a vida de outrem; nem dar a Deus o resgate dele; pois quem convence o homem do erro é a Sua Excelência o GLORIOSO ESPÍRITO SANTO.

Temos que ter a paciência e a preseverança de esperar que o fruto amadureça no seu tempo determinado por Deus, ajudando uns aos outros; para que às coisas aconteçam EM UM DIA DEPOIS DO OUTRO.

Que Deus vos abençoe e guarde a todos vós.