sexta-feira, 21 de junho de 2013

MULTIDÕES E MULTIDÕES NO VALE DA DECISÃO!

Multidões silenciosas se movimentam pelo dedilhar dos dedos que falam, e dos olhos que ouvem.
O grito no silêncio os levam a marchar pelo espírito de uma mesma rede. Há um objetivo, há um ideal; nada os demove do alvo proposto.

O opressor é oprimido, e o caminho requerido é a justiça dos injustiçados. Há que se decidir pelos caminhos da paz, pois a indecisão prorroga o sofrer de uma grande nação.

Porquanto, é preciso seguir a paz com todos e a santificação, sem a qual ninguém verá O SENHOR.

PARADOXOS
Porquanto, haverá:

"Multidões, multidões no vale da decisão; porque o dia do SENHOR está perto, no vale da decisão."  (Joel 3 : 14)

Nada escapa das mãos puras, SANTAS e solenes do Grande Senhor dos Exércitos; os Seus olhos são como chamas de fogo que percorrem a terra e a tudo contemplam; esquadrinhando os corações, como ouvidos nos sussurros dos gemidos no silêncio.

O clamor do seu povo fora ouvido, e o ESPÍRITO INTERCESSOR proclama o brado do tempo da ceifa.

Os fiéis da terra marcham resolutos, sem tirar os olhos do GRANDE SENHOR DA CEARA, O SENHOR JESUS CRISTO.

Os justificados pelo POR ELE se regeneram na busca do passaporte da adoção; para emigrar para terra da salvação.

De alma e corpo lavaram o seu espirito nos caminhos da santificação, pois não há (não há um justo sequer) quem dela falem e nem ensinem a seu irmão.

A glória do segundo templo valerá o sacrifício mesmo com opressão; sem largar a cruz, e sem indecisão. 

Há que se decidir, há que haver decisão, pois O DIA DO SENHOR está PERTO, no vale da decisão.

É preciso ABRIR OS NOSSOS CORAÇÕES, renegar o eu, e ADOTAR A HUMILDADE, jogando fora A VAIDADE, na sua SENSUALIDADE.

È PRECISO DEIXAR A REBELDIA, para trocar a NOSSA HISTÓRIA por uma INCORRUPTIVEL COROA DE GLÓRIA.

O tempo é chegado, os sinais estão ai para o mais desavisado ver E ATÉ O INCRÉDULO VER E CRER.

Quem TEM OUVIDOS OUÇA, e o que TEM OLHOS VEJA, pois tudo é possível a aquele que crer.

Assim me veio, assim o escrevi. Não julguem a mim, mas Aquele DE QUEM VEIO.

Ao Senhor Jesus Cristo sejam dadas TODAS AS HONRAS E GLÓRIAS, pois tudo é dele, e para ELE SÃO TODAS ÀS COISAS.