terça-feira, 15 de outubro de 2013

A ARTE DA SEDUÇÃO NA DOUTRINA DE BALAÃO

Há tabus os quais não se falam nem nas suas entrelinhas. Tem coisas que é melhor deixar do jeito que estão, pois elas só trazem constrangimentos e dissabores.

Porque então não se falar naquilo que nos trás alegria, amizade e contentamento? - Entretanto, alguém precisa PAGAR O PREÇO E TRAZER AO LUME aquilo que está na obscuridade na palavra, a qual ninguém quer falar, mas, sem o seu devido conhecimento, almas estão indo para o caminho da perdição.

A história de Balaão está bem delineada no Santo Livro, por diversos autores, para que fique de exemplo para as gerações passadas, presentes e futuras não cair no seu engodo, ASSIM DESCRITAS:

"Mas algumas poucas coisas tenho contra ti, porque tens lá os que seguem a doutrina de Balaão, o qual ensinava Balaque a lançar tropeços diante dos filhos de Israel, para que comessem dos sacrifícios da idolatria, e se prostituíssem."  (Apocalipse 2 : 14)

A DOUTRINA DO TROPEÇO: Ensinou o rei Balaque a colocar as suas mais belas filhas (do povo) para seduzir o povo de Israel, levando-o a pecar contra o Senhor.

"Os quais, deixando o caminho direito, erraram seguindo o caminho de Balaão, filho de Beor, que amou o prêmio da injustiça;"  (II Pedro 2 : 15)

"Ai deles! porque entraram pelo caminho de Caim, e foram levados pelo engano do prêmio de Balaão, e pereceram na contradição de Coré."  (Judas 1 : 11)

OS CAMINHOS DE BALAÃO
Qual teria sido o caminho do engano do profeta Balaão o qual ensinara o rei Balaque a colocar tropeços diante do povo de Israel como empecilho rumo a terra prometida? - Acredito que muitos conhecem esta história registrada no Livro de Números?

Hoje, os tropeços para derribar o povo do Senhor rumo a celeste pátria não o é em nada diferente dos dias de Balaão; do Senhor Jesus Cristo; do apóstolo João ao descrever os atos apocalípticos que viriam; do apóstolo Pedro e nem de Judas o irmão de Cristo.

A história  que percorre o enunciado bíblico desde o Êxodo até o apocalipse dar-se-á da mesmíssima forma  a qual foi concebida naqueles idos dias, e a será nos dias de hoje:

Alguém estará como Balaão ensinando a balaques a colocar tropeços diante do povo escolhido, para que este não alcance o êxito de chegar na terra prometida da Jerusalém celestial.

O certo é que já temos em nossos dias (conforme às escrituras) balaanitas ou balaamitas em nosso meio com a mesma doutrina (Apocalipse 2:14) da pedra de tropeço daqueles dias.

A DOUTRINA DE BALAÃO
Esta história a maioria do meio evangélico já a conhece; porquanto, ela se encontra no Livro de Números, nos capítulos 23, 24 e 25.

NO LIVRO DE FLÁVIO JOSEFO O MESMO CONTEXTO BÍBLICO: Mandai ao seu acampamento as mais belas de vossas filhas, bem adornadas, e ordenai-lhes que de nada se esqueçam para suscitar amor aos mais jovens e aos mais corajosos dentre eles. 

ARTE DA SEDUÇÃO
Ver, ouvir, tocar e com isso pecar, assim o é o stigma do pecado. Porquanto, a concupiscência dos olhos quando concebida é corroborada com aquilo que ouvimos e falamos nos leva a prática do pecado.

O ardil ensinado a Balaque por Balaão foi embasado na arte da sedução, onde o belo despertou o desejo de possuir o objeto visualizado. Nada mais neste mundo, segundo a carne, pode despertar este desejo do que a beleza física nos seus adornos e predicados na vitrine dos olhos. 

RESUMO: "Mandai ao seu acampamento as mais belas; bem adornadas, ordenai-lhes que nada se esqueçam para suscitar amor aos mais jovens e aos mais corajosos dentre eles.

Despertar o desejo através da beleza e dos adornos utilizados, mais a ordem que "NADA SE ESQUEÇAM *(valia tudo, até a mais alta sedução que é a prostituição) PARA SUSCITAR AMOR", foi uma arma letal, tendo como o alvo a concupiscência dos olhos para lhes suscitar o amor carnal nas volúpias da paixão.

Nem os mais corajosos dentre o povo de Deus pode suportar a grande tentação promovida pela astúcia de coração na arte da sedução.

(*) Crivo nosso.

LIVRO DE JOSEFO: Dizei-Ihes que quando os virem ardendo de paixão por elas finjam (NÃO SAIAM) querer retirar-se e quando rogarem que fiquem respondam que não é possível, a menos que eles prometam solenemente renunciar às leis de seu país e o culto ao seu Deus para adorar os deuses dos midianitas e dos moabitas. É o único meio que tendes para fazer com que Deus se encha de cólera contra eles".

Quando os prazeres da carne são despertados, dificilmente conseguir-se-á não infringir às leis de Deus, e também não se rebelar-se contra Ele.

DO LIVRO DE JOSEFO SOBRE A REBELIÃO E O ESTRAGO FEITO PELA DOUTRINA DE BALAÃO NO MEIO DO POVO ISRAELITA: 

Disse Zinri: . Por mim, quero que saibais que não mais obedecerei aos vossos tirânicos mandamentos, porque bem vejo que sob os vossos pretextos de piedade e de nos dar leis da parte de Deus usurpastes o governo por meios de artifícios e nos reduzistes à escravidão, proibindo-nos prazeres e tirando-nos a liberdade que todos os homens nascidos livres devem ter. 

O CONSELHO DE BALAÃO DESCRITO POR FLÁVIO JOSEFO: Mas se quereis triunfar sobre eles por algum tempo, dar-vos-ei o meio para tanto. 

O MESMO CONTEXTO DE PROVÉRBIOS
Os jovem descrito pelo rei Salomão em provérbios (7) fora um alvo fácil para ser seduzido, assim como o foram os israelitas pelas filhas de Balaque:

6  Porque da janela da minha casa, olhando eu por minhas frestas,

7  Vi entre os simples, descobri entre os moços, um moço falto de juízo,

8  Que passava pela rua junto à sua esquina, e seguia o caminho da sua casa;
9  No crepúsculo, à tarde do dia, na tenebrosa noite e na escuridão.

10  E eis que uma mulher lhe saiu ao encontro COM ENFEITES DE PROSTITUTA, e astúcia de coração.

OBSERVAÇÃO SOBRE O VERSÍCULO 10 ACIMA: na Bíblia Almeida Revista e Atualizada segunda edição, nos diz que é: COM VESTES DE PROSTITUTA. Já na Bíblia Católica Tradução da Vulgata pelo Padre Matos Soares, nos DIZ que é: COM ADORNOS DE PROSTITUTA.

11  Estava alvoroçada e irriquieta; não paravam em sua casa os seus pés.
12  Foi para fora, depois pelas ruas, e ia espreitando por todos os cantos;
13  E chegou-se para ele e o beijou. Com face impudente lhe disse:...


Como bem se tem visto, lido e ouvido que a reclamatória nos dias de hoje são semelhantes a de Zinri em sua rebeldia no Livro de Josefo:

Por mim, quero que saibais que não mais obedecerei aos vossos tirânicos mandamentos, porque bem vejo que sob os vossos pretextos de piedade e de nos dar leis da parte de Deus usurpastes o governo por meios de artifícios e nos reduzistes à escravidão, proibindo-nos prazeres e tirando-nos a liberdade que todos os homens nascidos livres devem ter. 

Porquanto, as coisas não são reclamadas da mesmíssima maneira? - Não é em nome de uma falsa liberdade em Cristo que está se expondo a carne, induzindo a sedução, levando milhares a pecar por concupisciência dos olhos?

A PROSTITUIÇÃO DE TAMAR EM GÊNESIS:
A astúcia de coração da viúva Tamar para conseguir um marido, onde encobrindo o seu rosto, vestindo-se de prostituta (foi confundida como uma) acabou amealhando em seus encantos o seu próprio sogro Judá, em troca de um cabrito que deu bode.

Ele, foi seduzido pelos predicados e adornos de Tamar os quais o levaram a despertar os seus instintos carnais, possuindo-a e a engravidando.

SEM HIPOCRISIAS:
O problema existe há séculos e não tem mais como contornar nos dias de hoje sem que se venha a falar abertamente sobre os seus valores morais e cristãos.

Convidamos a todo aquele que preza pela palavra do Senhor, a meditar e a escrever condignamente sobre a principal ferramenta que o inimigo tem utilizado para derrubar tantos servos e servas do Senhor através da arte da sedução ao longo dos séculos.

Porquanto, sem hipocrisias e autodefesas temos que questionar os porque's bíblicos:

Em nome de uma falsa liberdade atrela-se que na graça todos nós somos livres  para expor os dotes físicos sem constrangimentos e sem depreciação da fé cristã. Até que os falsos irmãos nos espiam na liberdade que temos em Cristo descrita em Gálatas.

O texto de Gálatas está fora do contexto o qual nem iremos discorrer, pois já encontram-se divulgados em diversos artigos deste blog.

É também comum ouvir-se DIZER que o legalismo está extinto pela graça, e que a partir dela todo o homem é livre para interagir conforme os seus fluentes desejos de expor-se.

A lei aponta ao pecado e pela lei não seremos salvos, pois o salário do pecado é a morte. No entanto, sem hipocrisias questiona-se:

Como evitar que desejem a mulher do próximo (não desejarás a mulher do teu próximo, Êxodo 20) se está está com vestes adornadamente sedutoras como as filhas da Balaque, na mulher de provérbios e na vestimenta de Tamar?

Como podemos dizer dos cristãos que a expõe a carne em seus contornos, de que no mínimo não irá despertar desejos em tantas outras pessoas em seus instintos naturais?

A palavra de Deus bem reporta esta questão da não exposição em I Pedro 3:

1  SEMELHANTEMENTE, vós, mulheres, sede sujeitas aos vossos próprios maridos; para que também, se alguns não obedecem à palavra, pelo porte de suas mulheres sejam ganhos sem palavra;

2  Considerando a vossa vida casta, em temor.

3  O enfeite delas não seja o exterior, no frisado dos cabelos, no uso de jóias de ouro, na compostura dos vestidos;

4  Mas o homem encoberto no coração; no incorruptível traje de um espírito manso e quieto, que é precioso diante de Deus.

5  Porque assim se adornavam também antigamente as santas mulheres que esperavam em Deus, e estavam sujeitas aos seus próprios maridos;

O QUE SERIA UMA VIDA CASTA EM TEMOR?
Geração, povo ou família, considerada nos caracteres hereditários físicos e morais, que a distinguem das outras.

Qualidade; gênero, natureza.
Classe de pessoas que se distinguem das demais por privilégios: espírito de casta.

Etimologia[editar]

A palavra 'castidade' vem da palavra 'casto', que por vez vem do latim castus, que significa puro. "SEM CONTAMINAÇÃO". Separação.

Sendo a virtude que modera o prazer vinculado à propagação da espécie , a castidade recebe também a denominação de Santa Pureza porque se crê ser impossível vivê-la sem a ajuda do Espírito Santo: a pureza cristã é “pureza santa”, um dom do Espírito Santo.

Os regimes da castidade:

Todo cristão é chamado à castidade. O cristão se há "revestido de Cristo" (Galatas 3, 27), modelo de toda castidade. Todos os fiéis cristãos são chamados a uma vida casta segundo o seu estado de vida particular. No momento do seu Batismo, o cristão se compromete a dirigir a sua afetividade na castidade.

O Lírio é considerado um dos símbolos da pureza

Existem três formas da virtude da castidade: a dos esposos, a das viúvas e a da virgindade. As relações sexuais somente serão castas dentro do matrimônio. 

EM TEMOR:
Te.mor: substantivo masculino abstrato; medo, receio, sensação resultante da ideia de perigo; atributo do temente; escrúpulo, respeito.

Em atitude de respeito (e demais especificações acima) a Deus que é incontaminável, devemos ser puros (castos), pois É BÍBLICO O SEDE SANTOS, PORQUE QUE EU (DEUS) SOU SANTO,  e sem santidade nenhum de nós irá ver Deus.

TRAJES (VESTES) INCORRUPTÍVEIS E MANSAS:
Vestes que não corrompem; que não induzem a vaidade humana que nos leva a sermos sedutores. Roupas que não mostrem a a nossa nudez, como bem vemos que esta A NUDEZ É ABOMINÁVEL A DEUS:

"Aconselho-te que de mim compres ouro provado no fogo, para que te enriqueças; e roupas brancas, para que te vistas, e não apareça a vergonha da tua nudez; e que unjas os teus olhos com colírio, para que vejas."  (Apocalipse 3 : 18)

"Eis que venho como ladrão. Bem-aventurado aquele que vigia, e guarda as suas roupas, para que não ande nu, e não se vejam as suas vergonhas."  (Apocalipse 16 : 15)

PORQUE: I PEDRO 3:5 "Porque assim se adornavam também antigamente as santas mulheres que esperavam em Deus, e estavam sujeitas aos seus próprios maridos";

CONCLUSÃO:
Será que estaremos eternamente com o Senhor Jesus Cristo quando da sua vinda ou se partirmos antes da sua vinda, se estivermos de acordo com o conselho de Balaão, o qual recebeu o justo prêmio dos seus atos?

Será que para ter mais público deixaremos de pregar a verdade, incentivando a liberdade da carne?

Será que seremos aqueles aos quais Judas, meio irmão do Senhor Jesus Cristo bem o disse com CAUSADORES DE DIVISÕES SENSUAIS:

17  Mas vós, amados, lembrai-vos das palavras que vos foram preditas pelos apóstolos de nosso Senhor Jesus Cristo;

18  Os quais vos diziam que nos últimos tempos haveria escarnecedores que andariam segundo as suas ímpias concupiscências.

19  Estes são os que causam divisões, *sensuais, que não têm o Espírito.

*sen.su.al, comum aos dois gêneros; relativo a, inclinado a ou preocupado com a gratificação dos sentidos e dos apetites; carnal que não tem muitas restrições morais; incasto, aquilo que excita os sentidos ou os apetites

As fotos sensuais da revista excitaram a imaginação do rapaz

SEGUE A PALAVRA DO SENHOR: 20  Mas vós, amados, edificando-vos a vós mesmos sobre a vossa santíssima fé, orando no Espírito Santo,
21  Conservai-vos a vós mesmos no amor de Deus, esperando a misericórdia de nosso Senhor Jesus Cristo para a vida eterna.

22  E apiedai-vos de alguns, usando de discernimento;

23  E salvai alguns com temor, arrebatando-os do fogo, odiando até a *túnica manchada da carne.

* Vestes que expõe, que salientam a carne

VESTES MANCHADAS PELA CARNE
Em primeiro lugar são as vestes espirituais; porque, o corpo só irá refletir aquilo em que ora estamos espiritualmente vivendo, pois ele é o espelho da alma (desejos).

Em segundo, as vestes carnais, as quais nas roupas ajustadas ao corpo mostram os contornos da carne, incitando a concupiscência dos olhos nos desejos da carne.

ENCOBRINDO A VERDADE
Seríamos pessoas altamente qualificadas como hipócritas se viéssemos a discorrer contra o que claramente a palavra do Senhor mostra-nos como coisas que não se deve mostrar.

Exemplos: LEGG'S (calças pernas em inglês) as quais mostram muito mais do que o nome, e outras tantas vestes curtas que nem precisa-se citar.

OBS: Anúncios da mídia: "Seja mais bela, mais charmosa e mais sedutora, use legging's da..."

Contudo isso, sabemos que as coisas vem de dentro para fora, pois não adianta querermos ser santos por fora se ainda não o somos por dentro.

Não adianta limpar o exterior do copo se o interior está ainda presa às coisas impuras.

E finalmente, todo aquele que está no caminho da santidade há de purificar-se de espírito, alma e corpo (I Tes. 5:23).

"Quem é injusto, faça injustiça ainda; e quem está sujo, suje-se ainda; e quem é justo, faça justiça ainda; e quem é santo, seja santificado ainda."  (Apocalipse 22 : 11)