sábado, 12 de outubro de 2013

AVIVAMENTO

A ORAÇÃO DE HABACUQUE

Figura ilustrativa do blog Estudos de Consagração
"Ouvi, SENHOR, a tua palavra, e temi; aviva, ó SENHOR, a tua obra no meio dos anos, no meio dos anos faze-a conhecida; na tua ira lembra-te da misericórdia."  (Habacuque 3 : 2)

O quanto mais cresce, mais morre. Parece-nos algo ilógico entender semelhante frase fora do seu contexto.

O cristianismo no mundo é uma das crenças que mais cresce; no entanto, este gigante da fé está combalido na UTI da vida espiritual a beira da morte.

Porquanto, torna viva Senhor a tua obra, no meio dos anos notifica-nos pelas tuas profecias, pois sem profecia o povo se corrompe.

Levanta profetas Senhor, para anunciar os teus juízos antes que eles venham a operar, e seja a causa de sermos consumidos.

Na tua ira lembra-te de por misericórdia para abrir os nossos olhos da cegueira espiritual; aviva-nos segundo a tua palavra.

Não deixa-nos perecer   ante as ofertas da mesa de Jezabel, dos manjares do rei ou da peste perniciosa. 

Não permita que o mal adentre ás nossas vidas com as coisas do Egito.

Tenha misericórdia de nós Senhor, pois temos perdido o temor e a reverência como um povo zeloso e de boas obras.

No meio dos anos torna a nos trazer a vida Senhor.

Amém.

A APOSTASIA
O estar na fé perdendo a fé NÃO É um recurso de linguagem para ilustrar um artigo, para trazer notoriedade ou clicks ao que o escreve. Ele é uma triste realidade vivenciada nos dias do fim.

Estamos assistindo cabisbaixo no dia a dia a sua extinção como em muitos casos  de muitas espécimes que agonizaram na sua luta pela vida.

As filosofias de vida aplicadas psicologicamente,  tem sido o agente exterminador do invólucro que protege a fé genuína  na sua essência.

Com a perda desta essência, pela sua dissolução é como o remédio não tem mais o seu efeito. É um placebo nas vitrines da manipulação.

Assim como o foram apregoadas pelo gnosticismo, e registradas amplamente pelas Santas Escrituras, assim o é hodiernamente.

O AVIVAMENTO
De maneira nenhuma passa por inovações ou até mesmo rituais litúrgicos, mas sim pela obediência a palavra divina.

O avivamento nunca o será de fora para dentro, mas de dentro para fora.

O que dá vida ao corpo é uma plena eficiência dos órgãos que o compõe. no entanto, quando um destes órgãos começa a falhar o reflexo o será no seu exterior.

O verdadeiro avivamento começa na oração, no jejum e na comunhão.

Se não buscarmos a santificação e a paz com todos, jamais veremos  Deus.

O DESPERTAR DO AVIVAMENTO
Quando entramos no blog para concluirmos este post, NÃO foi-nos uma surpresa vermos que Deus pelo seu Santo Espírito já tinha também imbuído um servo seu para falar do mesmíssimo tema.

PORQUANTO, quando as coisas divinas são no mesmo sentido é sinal que disto o SENHOR quer delas falar, como no prestimoso artigo do blog abaixo:

http://pastorcicero.blogspot.com.br/2013/10/avivamento.html

É HORA DE DESPERTARMOS DO SONO ao qual  estamos dormindo.

É hora de buscarmos de TODO O CORAÇÃO ao Senhor de espírito, alma e corpo; de não nos conformarmos mais com os modismos que o mundo nos oferece.

AVIVA SENHOR A TUA OBRA; não deixe-nos morrer. 

Você que nos lê também é um agente do avivamento. Lute por ele com unhas e dentes, pois dele depende a nossa própria existência.

QUE O SENHOR SEJA AMPLAMENTE LOUVADO EM NOSSAS VIDAS PARA TODO O SEMPRE.

Amém.