quinta-feira, 31 de outubro de 2013

O DONO DA IGREJA

Figura ilustrativa
Dia 29\10, em um culto local tivemos a manifestação gloriosa da sua Excelência "O" Espírito Santo. Com maestria deu-nos a clarevidência que ELE é o grande gestor da igreja, como o grande emissário do Pai em nome do Filho.

O vaso usado pelo Senhor pregou sobre o reino dos céus que é tomado a força. Há que se lutar pelas coisas que são de Deus; há que persistir e nunca desvanecer, pois quem põe a mão no arado não pode olhar para trás, DIZIA ELE.

Muito embora o levante do inimigo em toda a terra nestes últimos dias querendo tirar o ânimo do povo escolhido, a própria Palavra do Senhor Jesus Cristo nos diz que às portas do inferno não prevaleceriam contra a Sua igreja.

Porquanto, a congregação do Senhor ao longo sua história sempre foi objeto de disputas e de questionamentos.

Temos que esforçar-nos em jejum e oração um pouco mais nesta luta ferrenha da luz contra às trevas, pedindo ao Senhor que renove as forças daqueles que dirigem esta grande obra até nos lugares mais remotos do mundo.

A HISTÓRIA DO POVO DIVINO
Está história começa nos céus onde Lúcifer rebelando-se contra o Senhor dividiu os anjos que "O" assistiam, levando com ele um terço destes.

Entretanto. aqui na terra, desde a saída da congregação de Israel do Egito, já no deserto houveram grandes levantes e murmurações contra Moisés querendo dividir o povo que rumava para terra prometida.

Na história dos reis de Israel, Absalão filho do rei Davi queria tomar o seu trono e com isto dividir a congregação israelita.

No entremeio dos reinos da nação escolhida houve um período negro na sua história, no reinado do rei Acabe, onde Jezabel uma rainha ímpia, tomou a frente do reino levando seu povo a derrota. Veja esta história no link abaixo:


No entanto, levantou-se Elias, um profeta de Deus Altíssimo que consertando o altar, enfrentou todo os profetas de Jezabel e os matou em uma memorável batalha espiritual profética no Monte Carmelo.

O próprio Senhor Jesus Cristo foi afrontado pelos seus, onde nem os seus próprios irmãos criam nele. Ele temia e o registrou em Lucas 18:8, que quando ELE VIESSE NÃO PUDESSE ENCONTRAR FÉ NA TERRA.

O apóstolo Paulo foi perseguido e afrontado e até morto em Roma por causa da pregação do evangelho. Alexandre, o latoeiro foi um dos que o desapontou tremendamente.

Apesar de toda esta história resumida de ataques ferozes, o reino de Deus continua firme e resoluto até a vinda do Senhor Jesus Cristo para buscar os seus escolhidos.

A OBRA MISSIONÁRIA NÃO PODE PARAR
O objetivo do inimigo de nossas almas para derrubar-nos é nos demover da fé genuína para salvação das nossas e de muitas outras almas. Porquanto, não podemos cair no seu laço dividindo o reino.

Porquanto, é tempo de fazer missões; é tempo de união em uma mesma fé, em mesmo Espírito, em uma mesma esperança; é tempo de deixarmos de lado as vaidades do Egito para nos dedicarmos a Palavra do Senhor buscando-O enquanto se pode achá-LO.

É TEMPO DE NOS UNIR EM TORNO DA OBRA MISSIONÁRIA a qual foi-nos deixada como ordem primordial pelo Senhor Jesus Cristo. Veja o tema no link abaixo:


O DONO DA IGREJA
Comprou-a com o seu sangue puro derramado na cruz do Calvário. A Sua Excelência o Espírito Santo foi comissionado pelo Pai em nome do Filho, para gerir esta grande obra da salvação de almas.

O dono da igreja vem buscar para si um povo zeloso e de boas obras. ELE nos disse que: Aquele que está de pé cuide-se para que não caia; e que quem tem ouvidos ouça o que ELE DIZ AS IGREJAS.

Que em todos os nossos caminhos possamos ser fiel a ELE.