sexta-feira, 31 de outubro de 2014

A SOBERANA, PERFEITA E AGRADÁVEL VONTADE DE DEUS


Quem não gostaria de no dia "D" ouvir esta estonteante e bendita frase proferida pelo Autor e Consumador de nossa fé?


"Então dirá o Rei aos que estiverem à sua direita: Vinde, benditos de meu Pai, possuí por herança o reino que vos está preparado desde a fundação do mundo;"  (Mateus 25 : 34)

No entanto, ela pode ser apenas uma frívola  e frágil utopia; pois, não precisa ser nem um Expert em Teologia para vislumbrar o que está nos outdoors das avenidas da nossa vida cristã.

Tristemente o que mais vemos é "Deus só quer o meu coração"; o que é belo é para ser mostrado; um pouquinho só não faz mal, e dentre tantos outros ditames: "Esta palavra era para o tempo do epa"; do tempo em que se amarrava cachorro com linguiça.

Ser diferente em um mundo de iguais é muito difícil;  dá trabalho e arranja desafetos. O que a maioria faz é o que dita a moda, versa e arrebata.

Havia um tempo em que a pessoa de vida fácil era conhecida de longe; hoje nem notamos a sua presença. Já nos acostumamos com o crente no Senhor Jesus Cristo ser igual a aqueles que ainda não o são, mas podem um dia serem.

O que importa é ser belo, atrativo e estar na moda. Buscar a separação para a santificação nem pensar; porquanto, estarei na contra-mão do mundo de então.

Conquanto, ser conformado; estar na forma e de acordo com este mundo é a tônica redonda em contra partida aos quadrados dos tempos de outrora. Só que os antigos quadrados trancavam a evolução não cristã, e os redondos rolavam-na.

Com todos estes exemplos antigos, quem é mesmo que estará na boa, perfeita e agradável de Deus quando da sua vinda?

A PALAVRA DIVINA DIZ QUE SÃO ESTES:

"E não sede conformados com este mundo, mas sede transformados pela renovação do vosso entendimento, para que experimenteis qual seja a boa, agradável, e perfeita vontade de Deus."  (Romanos 12 : 2)

Estar na perfeita e agradável vontade "DE" alguém, significa estar em harmonia com aquilo que este alguém, pensa, age, inspira, escreve e usa como base de vida.

Se não mudo o jeito e modo de pensar, é porque trafego ainda na rua antiga das vitrines do ego. Conquanto, como poderei ter o meu entendimento renovado se o EU SOU AINDA ASSIM não é mudado?

PENSANDO ALTO
A conformação impede a transformação. Se sou conformado (com a forma do mundo) com este mundo, jamais serei transformado por Deus, pois sem a renovação do meu entendimento, jamais estarei de acordo com a perfeita e agradável vontade Dele.

Porquanto, as coisas velhas já passaram e tudo se fez novo; porque, para a transformação é necessário a mudança completa (conversão) de pensamento, atitudes e direção

Se não busco a transformação do que era dantes para o que serei através Dele, ainda vivo o eu antigo e Ele não vive em mim.

Conquanto, se ainda amo o mundo, porque ainda estou de acordo com ele, e o amor do Pai não está em mim.

O pensamento alto exprime a lógica que para toda ação há que ter-se uma reação.

Isto nos leva a pensar que tipo de evangelho estamos pregando, seguindo, enganando e sendo enganados?

AGRADANDO A DEUS
Se não mortificar os desejos da carne e a EXPOSIÇÃO DELA, como poderei estar agradando a Deus; porquanto, o que se aproxima Dele há de ser santo, pois Santo Ele é?

"ROGO-VOS, pois, irmãos, pela compaixão de Deus, que apresenteis os vossos corpos em sacrifício vivo, santo e agradável a Deus, que é o vosso culto racional."  (Romanos 12 : 1)

Questão: O que estou eficazmente cultuando?

Mortificai, pois, os vossos membros, que estão sobre a terra: a prostituição, a impureza, a afeição desordenada, a vil concupiscência, e a avareza, que é idolatria;"  (Colossenses 3 : 5)

"Porque já estais mortos, e a vossa vida está escondida com Cristo em Deus."  (Colossenses 3 : 3)

Se não crucificar a carne como poderei ser servo Dele, se a Ele na sua carne foi crucificado por mim, e com o seu Sangue remiu os meus pecados?

"E os que são de Cristo crucificaram a carne com as suas paixões e concupiscências."  (Gálatas 5 : 24)

PORTANTO, ser ou não ser eis a questão?

CONCLUSÃO:
Se a palavra diz uma coisa e eu faço outra, logo estou contra ela.

No entanto é tempo de:

"Revesti-vos, pois, como eleitos de Deus, santos e amados, de entranhas de misericórdia, de benignidade, humildade, mansidão, longanimidade;"  (Colossenses 3 : 12)