sexta-feira, 14 de novembro de 2014

MONTE CARMELO - O CONCERTO DO ALTAR E O FOGO DO CÉU


Monte Carmelo é uma montanha na costa de Israel com vista para o Mar Mediterrâneo. O seu nome (Karmel) significa "jardim" ou "campo fértil". A grande cidade israelita de Haifa localiza-se parcialmente sobre o Monte Carmelo, além de algumas outras cidades menores, como Nesher e Tirat Hakarmel.

Este trata-se do local onde se deu o duelo espiritual entre o profeta Elias e os profetas de Baal. Foi no Monte Carmelo que Elias provou aos homens que o Deus de Israel era o verdadeiro Deus, e não Baal.

                                                                      WIKIPÉDIA


AS BATALHAS NOS MONTES
Grandessíssimas e honoráveis batalhas ocorreram nos anais da história bíblica no lugar mais alto da região.

Decisões precisavam serem tomadas em demarcações de posses, poderes, áreas e territórios. Quem é quem; quem é de quem, e os limites precisaram serem estabelecidos.

O mais forte nos combates cravava a sua bandeira nos montes, estabelecia seu reino, demarcando o seu território.

Assim também o é nas coisas que são de Deus.

Para todas as coisas existe um tempo determinado por Deus (Eclesiastes 3).

Sempre haverá um dia que se há de provar que só o Senhor é Deus. Este dia pode ter vários nomes como: "O dia da  decisão"; o dia do chega; o dia do acerto de contas ou até mesmo o dia da justiça de Deus.

Nada pode passar desapercebido pelo grande Senhor dos Exércitos, pois operando Ele quem impedirá?

Bem sabemos que o primeiro episódio "Carmelo" foi nos céus quando o próprio Grande Senhor agiu com magnifica excelência, lançando do Monte Santo Lúcifer e os seus anjos para o abismo por este querer ser igual ou acima do Eterno.

Ninguém pode estar ou querer estar no lugar do Eterno; porquanto, Ele mesmo diz que "EU SOU O QUE SOU (Senhor; Êxodo); EU SOU O SENHOR E ESTE É O MEU NOME; a minha glória a outren não a darei" (Isaías 42).

Naqueles dias aqui na terra, o lugar determinado por Deus para um ajuste de contas com Baal, Aserá e os seus seguidores na nação israelita, foi no Monte Carmelo.

ELE delegou a uma só pessoa, e EM SEU NOME deu poder a ELIAS para um confronto de decisão.

As coisas viriam para luz da palavra sobre qual Deus seria seguido, honrado e adorado; se o Deus de Abraão, Isaque e Jacó ou o deus Baal dos canaanitas e cercanias, o qual o povo israelita estava seguindo?

O desafio fora aceito.   

Não há mal que sempre perdure ou coisa oculta que possa esconder-se D'Aquele que tem os olhos como chamas de fogo, pois varre a terra com maestria e nada lhe escapa; porquanto, lê e entende até as imaginações dos pensamentos.

O CONSERTO DO ALTAR
Todo altar sem conserto não pode erigir sacrifício louvável ao honrado destinatário do mesmo.

Eu preciso consertar o meu altar para que o Senhor receba com louvor aquilo que estou lhe dedicando como honrado sacrifício.

As coisas que ainda perduram e teimam em prosseguir fora do eixo da palavra divina na minha vida terão que irem ao chão, e as suas maléficas raízes extirpadas do meu coração.

Só posso realmente construir um altar novo se as velhas bases do velho eu virem ao chão.

A carne precisa ser queimada (mortificada) fora do templo literal para que dentro dele eu seja um verdadeiro adorador como templo do Espírito Santo.

O profeta Elias consertou o altar nos seus fundamentos para depois colocar a carne em sacrifício para o Senhor.

O apóstolo Paulo ROGOU a nós junto ao Senhor para que apresentássemos OS NOSSOS CORPOS EM SACRIFÍCIO VIVO, SANTO e agradável a Deus que ERA E É o nosso CULTO RACIONAL.

Que não nos conformasse com este mundo; MAS ISSO ACONTECER NÓS TEMOS QUE MUDARMOS A MANEIRA DE PENSAR (Romanos 12).

Porque, se não mudo a maneira de pensar, é que ainda penso como o eu mundano, e a carne fica do jeito em que estava no mundo, sem hipótese nenhuma de conserto, pois ela precisa estar com Deus em santidade.

HOJE, sem hipocrisia nenhuma, o que é cultuado irracionalmente é o corpo em depreciação do culto racional ao Senhor através das bases da Sua Palavra.

FOGO DO CÉU
Além do altar ser consertado (estar nas bases divina), para que caia fogo do céu, o cordeiro teria de ser puro, sem defeito e sem manchas (em santidade).

"Falo como homem, pela fraqueza da vossa carne; pois que, assim como apresentastes os vossos membros para servirem à imundícia, e à maldade para maldade, assim apresentai agora os vossos membros para servirem à justiça para santificação." (Romanos 6 : 19)

"Porque, quando estávamos na carne, as paixões dos pecados, que são pela lei, operavam em nossos membros para darem fruto para a morte."  (Romanos 7 : 5)

"Porquanto o que era impossível à lei, visto como estava enferma pela carne, Deus, enviando o seu Filho em semelhança da carne do pecado, pelo pecado condenou o pecado na carne;"  (Romanos 8 : 3)

"Sois vós tão insensatos que, tendo começado pelo Espírito, acabeis agora pela carne?"  (Gálatas 3 : 3)

Será que EU NÃO ESTOU VENDO QUE a palavra do Senhor está dizendo uma coisa e EU humanamente quero seguir outra?

A carne do sacerdócio santo precisa ser tapada em contrário do que eu possa estar expondo?

A carne exposta chama a sensualidade, e esta por sua vez atrai a cobiça (concupiscência dos olhos), e a cobiça o pecado.

"Vós também, como pedras vivas, sois edificados casa espiritual e sacerdócio santo, para oferecer sacrifícios espirituais agradáveis a Deus por Jesus Cristo."  (I Pedro 2 : 5)

Será que o fogo do céu irá cair continuamente sobre um altar desconsertado, e ou o que vivo são esporádicos emocionalismos?

"Não sejais vagarosos no cuidado; sede fervorosos no espírito, servindo ao Senhor;"  (Romanos 12 : 11)

"O fogo arderá continuamente sobre o altar; não se apagará."  (Levítico 6 : 13)

Em um altar consertado por Elias o fogo do céu desceu, consumiu o sacrifício e ainda lambeu a água a volta dele.

Os profetas de *Baal e Aserá do modo de Jezabel foram exterminados, assim como em nosso coração os profetas da moda deste espírito tem de serem eliminados.


*Baal (por vezes soletrado Bael, Baël (francês), Baell) é um demônio, é amplamente mencionado no Antigo Testamento, como o principal deus pagão dos fenícios, geralmente associado com a deusa Astaroth.


QUEM ERA A DEUSA ASERÁ? O QUE ERAM  OS POSTES-ÍDOLOS DE ASERÁ? POR QUE OS PROFETAS DE ISRAEL DENUNCIAVAM VEEMENTEMENTE O CULTO DE ASERÁ?

Embora o culto de Aserá fosse denunciado seguidamente pelos profetas do Antigo Testamento, os rituais associados à adoração da deusa permanecem desconhecidos ao estudante moderno da Bíblia. Os cananeus, povo que vivia entre os israelitas, adoravam Aserá como deusa da fertilidade, talvez mesmo como deusa da sexualidade. Era considerada esposa de El, o deus supremo da mitologia Cananéia. Os misteriosos postes-ídolos associados aos ritos de adoração da deusa eram aparentemente troncos de árvores sem galhos. A função exata desses postes-ídolos – muitas vezes ligados à prostituição masculina e feminina – não é clara. Sabe-se somente que os profetas os consideravam repulsivos e ordenavam aos reis de Israel que os derrubassem onde quer que estivessem erigidos.


Os profetas vencidos no Monte Carmelo foram os de Baal (um demônio dentre tantas outras coisas venerado pela fertilidade), e de Aserá, como deusa da fertilidade, talvez mesmo como deusa da sexualidademuitas vezes ligados à prostituição masculina e feminina.


A BATALHA DO MONTE DA ORAÇÃO
Esta batalha será renhida, pois a luta será contra O EU NÃO NEGADO e os demônios da exposição da carne na sua sensualidade. Porquanto, esta batalha não será fácil de ser vencida, pois como bem vemos embasadamente na história bíblica, a sensualidade tem uma sacerdotisa (o espírito de Jezabel) espraiada na vaidade.

Portanto, a vaidade foi e é sustentada por aquele que a sujeitou na criação divina: "Lúcifer".

"Porque a criação ficou sujeita à vaidade, não por sua vontade, mas por causa do que a sujeitou,"  (Romanos 8 : 20)

No capitulo oito de Romanos há uma extensa riqueza de detalhes sobre as coisas do Espírito contra a carne, a qual se estivermos nela, na vinda do Senhor Jesus Cristo, e ou partindo antes Dele, já estaremos condenados segundo às Sagradas Escrituras:

"PORTANTO, agora nenhuma condenação há para os que estão em Cristo Jesus, que não andam segundo a carne, mas segundo o Espírito."  (Romanos 8 : 1)

Com todo o exposto, só muito jejum e oração é que obteremos a vitória contra as forças que regem este mal.

Conquanto, é preciso com rogos ao Senhor consertarmos o altar para que o fogo Dele (Espírito Santo) possa arder continuamente em nossas combalidas vidas.