segunda-feira, 21 de setembro de 2015

OS LEVANTADOS DO SENHOR


O Senhor quando levanta homens e mulheres na sua obra, os levanta para serem destemidos dos açoites, das contradições e das perseguições.

Ele não levanta conformados, apáticos e coniventes com o erro; mas servos que ouvem a sua voz e pregam a verdade, mesmo que tenham que cortar na própria carne.

Nem os acomodados por causa dos cargos; pois não são os cargos que fazem os homens, mas os homens e mulheres que fazem os cargos.

O principal cargo é fazer a vontade de Deus. Quem o faz já está no maior cargo que se pode almejar que se chama fidelidade a Deus.

Porquanto, só aquele que se for achado fiel ganhará a coroa da vida após ter combatido o bom combate, terminado a carreira, mas que teve guardado a fé.

Quem é fiel não escuta dissoluções, modernismos e invenções, pois ele não está ligado ao aliciante, mas a aquele que o alistou para a guerra.

Quem é que disse que neste mundo não teríamos aflições; que só seriam rosas, e que não teríamos espinhos?

Ainda mais, se quisermos vivermos piamente sofreremos perseguições.

Quem é do Senhor não vende a sua vinha mesmo na maior proposta de Jezabel ou nas insanidades de Acabe.

A herança que ele ganhou do Seu Pai é para a vida toda.

Quantos de nós não estamos nos vendendo por cargos, oferecimentos, regalias e oportunidades?

Tudo tem um tempo determinado por Deus, pois é na humildade que o Grande Senhor dos Exércitos, Rei de reis e Senhor dos senhores levanta e ninguém derruba, a não ser que o levantado caia na sua própria concupiscência.


O exaltado cairá, e não há ninguém que possa segurar a sua derrota

Ainda é tempo de ouvir a voz do Senhor e cumprir o Seu chamado.

Assim nos veio, assim o escrevemos.

Não somos perfeitos, mas errantes; no entanto, Aquele que começou em nós a boa obra, a aperfeiçoará até a vinda do Seu Filho Amado.