segunda-feira, 9 de novembro de 2015

A NATUREZA DE UMA CHAMADA

Há uma voz, e nesta voz um chamado; e neste chamado uma direção; e nesta direção um destino.

Quem ouve ESTA VOZ, sabe que o seu SENHOR o escolheu para uma missão.

Não há quem o faça voltar atrás, pois entende que ELE não erra na escolha, muito embora o escolhido possa falhar na trajetória.

Levante-se o que se levantar, ele sabe que o seu Senhor tem o tempo certo da vitória.

O chamado não se vende; não se compra e nem se toma emprestado.

Quando o Senhor fala, ta falado; quando manda, ta mandado.

Quando ELE chama, é certo que será confirmado; pode demorar o tempo que tiver que demorar, ELE cumpre o seu chamado; porque, FIEL É O QUE PROMETEU.

A chamada é um compromisso que compromete o compromissado.

Esperar é o lema; ter a paciência, e a confiança no chamado é o combustível do separado.

A rejeição será notória, e o desprezo também; isto faz parte da história do chamado de alguém.

Não há chamado sem luta, porque sem luta não tem vitória.

A natureza de um CHAMADO DIVINO EXCEDE às afrontas, às benesses das ofertas, porque, ele está sujeito a Aquele que o ALISTOU PARA A GUERRA.

Não que a guerra seja contra a carne ou sangue, mas sim contra os espíritos infernais da maldade nos lugares celestiais.

Sabemos que às ofertas serão muitas, como sempre serão, mas que o preço de servir a QUEM chama É A COROA DE GLÓRIA.

Quem derruba é a carne; e só ela pode nos derrubar, só guardando a palavra para poder nos salvar (Apocalipse 3:10).

Conhecemos um caso que em agosto de 2015 fez sete anos de uma manhã especial, que marcou a vida de uma pessoa com UMA PRESENÇA SEM IGUAL; três mandados repetidos ELE DISSE, para uma missão eternal:

“FALA A MINHA PALAVRA; ENSINA A MINHA PALAVRA, E PREGA A MINHA PALAVRA”

Noutra feita esta mesma pessoa estava estudando na madrugada para prestar provas em um curso teológico, quando lhe foi arrebatado os sentidos para ouvir uma voz por duas vezes que lhe fazia promessas quanto aos dons que lhe daria. Assim que falou pela segunda vez lhe devolveu ao estado normal, seguindo os estudos programados.

Noutra ocasião, soube-se que por um sonho visão de qual seria o cargo ministerial do seu chamado:

Ele via-se caminhando por uma avenida de uma cidade calçada com paralelepípedos, com canteiros no meio dela; esta pessoa estava usando uma bermuda branca; uma camiseta branca, tênis e meias soquete.

Neste ínterim, ouviu a VOZ que lhe dizia: 

"Um Presbítero da Igreja andando deste jeito".

Ele entendeu o que o seu Amado Senhor lhe dizia, e guardou às suas palavras até o dia do chamado que fora exatamente como o Senhor lhe dissera.

No entanto, dias antes deste chamado, ele tivera um outro sonho visão, onde mostrava que a capa (ministério) que receberia iria ser de luta, a contragosto, pois capa que lhe entregaram estava toda amassada. Assim foi até a última hora, e assim como o SENHOR lhe dissera se cumpriu a palavra.

Ao longo do tempo o Senhor vai usando os seus profetas pessoalmente para lhe falar sobre o mesmo assunto de sua chamada.

O SENHOR escolhe às coisas loucas deste mundo para confundir às que são.

Ele não escolhe os capacitados, mas capacita os escolhidos.

Só na humildade é que se tem a oportunidade com o justo Senhor.

ELE DÁ E ELE TIRA; é ELE quem levanta, mas também é ELE quem abate.

"Do Senhor são todas às coisas: Porque, Dele, e para são TODAS ÀS COISAS."

Mesmo que venhamos a errar, e a cair sem levantar, ELE, O SENHOR NÃO CAI, mas permanece para TODO O SEMPRE.

A ELE TODA A HONRA E TODA A GLÓRIA PARA TODO O SEMPRE, AMÉM.