sexta-feira, 10 de junho de 2016

RECONSTRUINDO O CULTO A DEUS COM ESDRAS - PRIMEIRO ENSAIO

Figura ilustrativa. Do seu autor são todos os seus créditos
O cultuar O ETERNO está muito além das letras e dos conceitos que poderia dizer.

Para tal propósito, não está no falar ou no escrever, mas sim no agir e no fazer.

A voluntariedade e o reconhecimento da grandiosidade do Excelso Criador dos céus e da terra há que estar bem viva no meu coração, em forma de gratidão ao seu imenso amor, misericórdia e perdão das minhas muitas transgressões.

Certamente que o temor, a reverência, a obediência a fé para que execute às obras dela, há que estar impregnada na minha alma.

A humildade para descer aos SEUS PÉS, não esperando usufruir benesses do subir, mas sim: que é ELE que me levanta segundo a SUA VONTADE.

Reconhecer que estou para servi-lo está muito além do ser servido por ELE; pois isto já o fez, e o faz todos os dias de minha vida; nas Suas muitas misericórdias e nos Seus incontáveis benefícios.

O que Ele me pede em troca é só que "O" ame de todo o meu coração, e ao meu próximo como a mim mesmo.

Reconheço a minha falha, no prestar o verdadeiro culto de adoração ao Eterno, pois falho sou; se não fosse a sua misericórdia teria sido já a causa de ter-me destruído. No entanto, o seu amor é longânime, perseverante e esperançoso, contrastando com aquilo que ainda não sou, mas que preciso ser na integra com o meu próximo.

Quero lhe prestar o verdadeiro culto, mas tenho muito que aprender com Isaías 58; com tantos outros testemunhos de adoração a Aquele que vive na beleza de Sua Santidade, e que Reina para todo o sempre.

Para ensinar, eu preciso viver ao aprender, com Esdras, escriba e sacerdote do Deus vivo e verdadeiro, o qual foi um dos mais belos exemplos descritos no Santo Livro:

ESDRAS 7.6 Este Esdras subiu de babilônia; e era escriba hábil na lei de Moisés, que o SENHOR Deus de Israel tinha dado; e, segundo a mão do SENHOR seu Deus, que estava sobre ele, o rei lhe deu tudo quanto lhe pedira.

POR QUE, a Boa Mão do Senhor era sobre Esdras, onde o rei da Babilônia em prova disso deu-lhe TUDO O QUE LHE PEDIRA?

ESDRAS 7.10  Porque Esdras TINHA PREPARADO O SEU CORAÇÃO para BUSCAR a lei do Senhor e para CUMPRIR e para ENSINAR em Israel os seus estatutos e os seus juízos.

Esdras estava na Babilônia, mas não havia se contaminado com às coisas da Babilônia; porquanto, através da sua fidelidade a Deus, foi escolhido por Ele para restabelecer o Seu Culto, a Seu povo, após o cativeiro babilônico.

Esdras tinha doado TODO O SEU CORAÇÃO AO SENHOR SEU DEUS, e Dele aprendera, cumprindo o aprendizado, e ensinando ao povo divino OS SEUS ESTATUTOS E OS SEUS JUÍZOS.

Assim como Esdras na Babilônia, o profeta Daniel não se contaminou coma a mesa do rei da terra de Babilônia, mas manteve-se integro, dedicado e aplicado a compreender os mistérios do Eterno; porquanto, foi visitado por um anjo Seu:

DANIEL 10. 10 E me disse: Daniel, homem muito amado, entende as palavras que vou te dizer, e 
11. levanta-te sobre os teus pés, porque a ti sou enviado. E, falando ele comigo esta palavra, levantei-me tremendo.
12. Então me disse: Não temas, Daniel, PORQUE DESDE O PRIMEIRO DIA EM APLICASTE O TEU CORAÇÃO A COMPREENDER E A HUMILHAR-TE PERANTE O TEU DEUS, são ouvidas as tuas palavras; e eu vim por causa das tuas palavras.
Com estes grandes exemplos dos servos do Senhor, começo a aprender que se não preparar e entregar todo o meu coração, para aplica-lo a conhecer as coisas que são Deus, cumprir e ensinar, não estarei prestando um bom culto a ELE:

JEREMIAS 29.11 Porque eu bem sei os pensamentos que tenho a vosso respeito, diz o Senhor; pensamentos de paz, e não de mal, para vos dar o fim que esperais.
12. Então me invocareis, e ireis, e orareis a mim, e eu vos ouvirei.
13. E buscar-me-eis, e me achareis, QUANDO ME BUSCARDES DE TODO O CORAÇÃO.
O contexto todo enseja que se o buscarmos de TODO O NOSSO CORAÇÃO AO PRESTAR-LHE O VERDADEIRO CULTO, o encontraremos.

Aguardamos a revelação o tempo do Senhor, para que se escreva o SEGUNDO ENSAIO.