quarta-feira, 23 de novembro de 2016

FICA AQUI UM ALERTA AOS JUDEUS E AOS CRISTÃOS - ROSH GILBERTO


Rosh Gilberto

Todo artigo que vá nos trazer edificação junto ao Senhor nosso Deus é digno de toda a aceitação. Temos lido, e aprendido muito com determinados artigos que têm a comprovação Bíblica.


Um dos escritores que lemos alguns dos seus artigos é Rosh Gilberto, onde até já adquirimos deste a autorização para publicar os seus textos sem alterá-los.

Este post ao qual estamos publicando em parte, já vem de dias que está na prancheta dos rascunhos esperando o momento adequado para publicação.

Relutamos muito ao fazê-lo, para que este não viesse a provocar indesejáveis dissabores aos nossos leitores; no entanto, o seu conteúdo é de primordial divulgação, pois ajudou-me muito a entender, e a ser prudente com a linhagem e a espiritualidade judaica.

O título original e geral do contexto de todo do seu post, foi omitido no sentido de isolar-se e ater-se somente a parte que dá enfase ao "ALERTA DADO PELO ESCRITOR", o qual está no fim do post (sem alteração) e no título inicial deste o qual transcrevemos:

"O ARTIGO  EM QUESTÃO DE ROSH GILBERTO"

"Fica aqui um alerta aos judeus e cristãos: CUIDADO, nos últimos tempos haverão muitos falsos mestres e falsos profetas".



Na interação entre o judaísmo messiânico e as igrejas, muitas pessoas se motivaram e se interessaram em conhecer mais sobre o judaísmo, e isso em parte foi muito bom, pois obtivemos muitos aliados dentro das igrejas que oram pela salvação dos judeus.

Mas também houve o lado negativo, pois gentios que não entenderam adequadamente a visão messiânica passaram a querer viver como judeus e, no afã de serem reconhecidos se aprofundaram na tradição judaica rabínica e, abandonando as raízes messiânicas, caíram de cabeça na ortodoxia, assimilando conceitos rabínicos que nada tem a ver com a Torá, mas somente com a tradição com a qual o shaliach Shaul já tinha nos advertido neste texto “Irmãos, o desejo do meu coração e a minha oração a Deus pelos israelitas é que eles sejam salvos.

Pois posso testemunhar que eles têm zelo por Deus, mas o seu zelo não se baseia no conhecimento. Porquanto, ignorando a justiça que vem de Deus e procurando estabelecer a sua própria, não se submeteram à justiça de Deus. Porque o objetivo da Torá é o Mashiach, para a justificação de todo o que crê. Romanos 10:1-4”

Neste afã também, começaram a valorizar livros que não são aceitos pelos messiânicos como inspirados, tais como o talmude, os livros da kabalá e outros comentários rabínicos que foram feitos por pessoas inimigas de Yeshua e portanto desprovidas da unção do Ruach haKodesh. E o que se pode esperar dessas pessoas?

O que vemos nos dias atuais é uma proliferação de pseudo-judeus, e pseudo líderes messiânicos que criam comunidades de pessoas desinformadas que os seguem cegamente, pois na sua ignorância da cultura judaica acreditam em tudo o que esses pseudo-eruditos dizem e escrevem. Como costumo dizer “No meio de pessoas ingênuas e ignorantes do judaísmo, qualquer um que fale meia dúzia de palavras em hebraico já é rabino”.

Incomoda-me ver quantos para-messiânicos tem surgido e iludido tanta gente. Cresce a cada dia o número de pastores que desejam transformar as suas igrejas em sinagogas, trazendo grande confusão entre os membros, escândalos, intrigas em famílias e destruição dessas igrejas.

Essas pessoas também prejudicam os verdadeiros messiânicos, pois são mal vistos pela comunidade evangélica, são considerados como “malucos” pela comunidade judaica e mais atrapalham a aproximação dos judeus do que ajudam em alguma coisa. As pessoas que não conhecem julgam que todos são iguais, os messiânicos e os para-messiânicos, e não percebem que existem diferenças enormes.

Os para-messiânicos vivem uma religião de cumprimento de regras para se justificarem, fazendo com que Yeshua seja apenas uma referência e diminuindo o valor do seu sacrifício, vejam que raramente (ou nunca) falam sobre o perdão dos pecados garantido pelo Messias e o necessário arrependimento e, supervalorizam as leis dadas aos judeus e as tradições rabínicas como se assim se tornassem dignos do Reino do Eterno.

Fica aqui um alerta aos judeus e cristãos:
"CUIDADO, nos últimos tempos haverão muitos falsos mestres e falsos profetas."

“Porquanto, ignorando a justiça que vem de Deus e procurando estabelecer a sua própria, não se submeteram à justiça de Deus. Romanos 10:3”

“Eles diziam a vocês: "Nos últimos tempos haverá zombadores que seguirão os seus próprios desejos ímpios". Judas 1:18”

“O Espírito diz claramente que nos últimos tempos alguns abandonarão a fé e seguirão espíritos enganadores e doutrinas de demônios. 1 Timóteo 4:1”

“Filhinhos, esta é a última hora; e, assim como vocês ouviram que o anti-messias está vindo, já agora muitos anti-messias têm surgido. Por isso sabemos que esta é a última hora. 1 João 2:18