sexta-feira, 26 de maio de 2017

A APOTEOSE DE JEZABEL - ASCENSÃO E QUEDA - SEGUNDO ENSAIO

A primeira parte sobre este capítulo tão abrangente na esfera espiritual que se chama JEZABEL, já foi escrito, e está no link abaixo para que o amado leitor possa se situar no contexto todo:


A APOTEOSE

As origens de tudo aquilo que formos discorrer tem que ser bem fundamentadas nos seus princípios.

Nada se deve acrescentar, e nada se deve tirar seja do ESCRITURADO BÍBLICO, e ou das suas origens na HISTÓRIA DO MUNDO LITERAL.

A credibilidade daquilo que se escreve tem que passar pelo crivo severo da veracidade literal, e da veracidade espiritual, para estar de acordo com a verdade; do nada mais do que a verdade!

A ascensão e queda de Jezabel transliterada neste pequeno post histórico, faz alusão a alguém que se colocou acima de Deus, como se Deus fosse.

A apoteose de Jezabel transcende ao mundo literal produzindo os seus malefícios no mundo espiritual.

A apoteose consiste em elevar alguém ao estatuto de divindade, ou seja, endeusar ou deificar uma pessoa devido a alguma circunstância excepcional. No mundo antigo esta circunstância era geralmente considerada para os heróis.
(...).
Para as religiões de mistérios da antiguidade, apoteose constituía o momento ritualístico da união com divino (Uno), ou mesmo, "tornar-se deus".

Observação: Equiparar-se a Deus; estar acima Dele. No meio espiritual a mistura do santo com o profano.

JEZABEL, UMA PRINCESA FENÍCIA FILHA DE ETBAAL, UMA SACERDOTISA DE BAAL

Na avenida da BÍBLIA ( I Reis 21; II Reis 9, e Apocalipse 2) desfila uma das mais tristes histórias que começa no Velho Testamento e tem o seu desfecho (término) no Livro das Revelações do Novo Testamento (Apocalipse).

Jezabel (também Jezebel) foi uma princesa fenícia casada com o rei Acabe de Israel. O significado do nome Jesabel ou Jezebel é “Baal exalta” ou “Baal é marido de” ou “impuro”.
Jezabel era filha do rei dos Sidónios Etbaal, tendo o seu casamento com Acabe sido o resultado de uma aliança que tinha como objectivo fortalecer as relações entre Israel e a Fenícia. A sua história é conhecida através do Primeiro Livro de Reis do Antigo Testamento.
QUEM É ETBAAL PAI DE JEZABEL, FILHO DE BAAL
https://pt.wikipedia.org/wiki/EtbaalEtbaal é citado no Antigo Testamento como sendo pai de Jezabel, mulher do rei Acabe.[1] Seu nome, assim como o nome de vários fenícios e cartagineses, continha o nome do deus Baal; Etbaal significa com Baal.[2] Na Bíblia, ele é rei de Sidon, mas outros registros históricos o mencionam também como rei de Tiro - em sua época, os dois reinos estavam unificados.
QUEM É BAAL:
 https://pt.wikipedia.org/wiki/BaalBaal (em hebraico: בַּעַל) é uma palavra semítica que significa Senhor ou Lorde.[1] A raiz da palavra significa ele governa ou ele possui, de onde vem o significado literal de senhor ou lorde, e também de marido.
O deus Baal.

Para que os novos estudiosos da Palavra de Deus possam entender: o Rei de Tiro é uma alusão a figura do próprio Lúcifer no Livro do Profeta Isaías:

Como caíste desde o céu, ó Lúcifer, filho da alva! Como foste cortado por terra, tu que debilitavas as nações!
E tu dizias no teu coração: Eu subirei ao céu, acima das estrelas de Deus exaltarei o meu trono, e no monte da congregação me assentarei, aos lados do norte.
Subirei sobre as alturas das nuvens, e serei semelhante ao Altíssimo.
E contudo levado serás ao inferno, ao mais profundo do abismo.
Isaías 14:12-15

O ESPÍRITO DE ENSINO DA PROFESSORA JEZABEL

Jezabel tinha didática, formada no magistério da FORNICAÇÃO E DA IDOLATRIA; muito embora tenha se casado com Acabe, rei do povo do Senhor, ela não tinha deixado a fornicação e a idolatria suas principais matérias.


E o povo de Deus, Igreja de Deus, noiva do Cordeiro, a caminho das bodas com ELE, não tinha que deixar da fornicação (literal e espiritual) e da idolatria?

No Apocalipse, na Igreja de Tiatira, o espírito de Jezabel tinha tomado algumas crentes daquela igreja, trazendo o infortúnio da fornicação espiritual com o mundo, ensinando os demais crentes a comerem (figura) dos sacrifícios da idolatria.

Isto, veio a trazer um grande incomodo ao pastor daquela igreja (anjo), o qual arrumou uma encrenca séria com o Senhor Jesus Cristo:

Apocalipse 2.20 Mas algumas poucas coisas tenho contra ti que deixas Jezabel, mulher que se diz profetisa, ensinar e enganar os meus servos, para que forniquem e comam dos sacrifícios da idolatria.
O legado deixado pela catedrática Jezabel transcende a superficialidade do literal para adentrar com profundidade naquilo que incide degenerativamente nos valores espirituais

Para a transliteração destes valores espirituais muito embora que resumida, demanda de atentarmos com zelo para o verdadeiro significado dos malefícios deixado por esta pérfida rainha das trevas.

O  ensinamento indevido desta *INDECOROSA rainha ultrapassou os limites do aceitável como um mero deslize ou até mesmo de um pequeno acidente de trajeto, para adentrar no rol da rebeldia, da prostituição espiritual de um povo, e também nos moldes da mais sacrificada idolatria.

* Significado de Indecoroso
adj.Sem decoro; que tende a ferir a moral e/ou os bons costumes; indecente: filme indecoroso; comportamento indecoroso.
[Por Extensão] Figurado. Com o propósito de humilhar; considerado vergonhoso; vil: procedimento indecoroso; remuneração indecorosa.
A prostituição literal é o ápice da transgressão moral, onde os princípios da imoralidade estão ancorados na fornicação (solteiros) e no adultério (casados).

A equiparação da PROSTITUIÇÃO ESPIRITUAL com a LITERAL ocorre quando os valores morais divinos são ADULTERADOS, transgredidos, adquirindo para o Senhor a semelhança dos mesmos valores da prostituição literal.

O que significa adulterar?
Adultério (do Latim adulterǐum [1][2][3]) é a prática da infidelidade conjugal. Com o tempo, o termo estendeu-se ao sentido de fraudar ou falsificar, adjeta ao verbo "adulterar".[4]

1) FORNICAÇÃO - UMA DAS MATÉRIAS AS QUAIS JEZABEL LECIONAVA
Para que possamos entender os valores espirituais precisamos entendermos primeiramente os valores morais literais. O que é fornicação?

FORNICAÇÃO:

No Novo Testamento, fornicação é o termo usado para traduzir a palavra grega Porneia, termo técnico que designava um matrimônio inválido, atividade sexual entre não casados.Na época de Cristo, com a multiplicidade de leis da Judeia, não era raro que um matrimônio fosse invalidado por impedimento jurídico. Surgia então o problema sobre se deviam ou não separar o casal que estavam em zonah (casamento inválido, ou seja, um deles ou ambos não fossem "puros" (virgens).

NOS VALORES ESPIRITUAIS

É também o mesmo valor de uma conjunção espiritual de um casamento ilícito, de uma união inválida com o mundo.

A conjunção espiritual com o mundo é uma conjunção ilícita e inválida para Deus. Não tem como ter validade alguma, pois é ilegal.

A união do puro com o impuro, do santo com o profano; que são coisas as quais o Pai muito bem às repudia;


QUESTÃO:

A igreja do Senhor Jesus Cristo estaria se prostituindo com o mundo, assim como Gomer, mulher de do profeta Oseias se prostituía com os seus amantes?

A figura de Oséias e Gomer é só para o povo de Israel?

A esposa prostituta Gomer de Oséias equiparada a igreja prostituída de Apocalipse 17.


2) A IDOLATRIA


ETIMOLOGIA:A palavra idolatria herda dos radicais gregos eidolon + latreia, onde eidolon seria melhor traduzido por "corpo", e latreia significando "adoração" - neste sentido representaria mais uma adoração às aparências corporais do que de imagens simplesmente.

A IDOLATRIA: Ídolo (corpo) + Latria (adoração devida somente a Deus) completa um quadro NEFASTO DO ESPÍRITO DE  JEZABEL em relação a Igreja do Senhor Jesus Cristo.

Alusão resumida: O Corpo da Adoração, e ou Adoração do corpo.

A esposa prostituta Gomer de Oséias (literal) equiparada a igreja prostituída (espiritual) de Apocalipse 17, onde por idolatria ao corpo da carne rendia-se aos seus deleites com os seus amantes.


A ENDEUSADA JEZABEL

Adulterou os valores divinos, levou o povo israelita a prostituição espiritual ao inserir a idolatria aos seus deuses no seu meio.

Ela sobrepôs-se ao rei Acabe, seu marido, governou no lugar dele, passou por cima dos princípios divinos em prol do ego, do querer aparecer.


O ESPIRITO DE JEZABEL NOS DIAS DE HOJE

A questão não é somente didática, mas também estamos cercados de uma tão grande nuvem de testemunhos que tão de perto nos rodeia, em que este espirito maligno atua deixando um rastro de destruição de lares, causando um tão grande estrago na Igreja do Senhor Jesus Cristo, o qual é muito difícil de calcular.

As coisas ficam tão explicitas quando ele sem pudor algum desfila solene no meio cristão como uma figura estritamente chamada no mundo das trevas como PG.

Ele rouba para si a atenção nos cultos, desfilando os figurinos da vaidade, expondo a sensualidade.

Quando isso acontece o aporte ao erro é só uma questão de tempo, onde a fornicação (solteiros), o adultério (casados) será sem dúvida alguma sem a contensão do erro, o produto final.

Os sinais são tão claros que nem precisam de profetas para que se chegue a uma triste conclusão: "Se seguir desta maneira, o inimigo tomará conta, e o matar roubar (a fé) e destruir (a família da fé) terá o seu êxito". 

Sem falar que a troca de gênero nesta triste situação é uma possibilidade que temos visto, e que não se pode negar.

Quando o Apóstolo Paulo abre a sua carta aos Romanos (1), cidade passível nos dias de então às mais diversas imoralidades, ele prioriza a questão da idolatria, abrindo o verbo sem constrangimento algum, deixando bem claro no fechamento deste capitulo que não só aqueles que praticam estas abominações, mas também aqueles que CONSENTEM estão inclusos no juízo divino.

Neste ínterim, no capitulo oito desta insofismável carta Romana, Paulo por inspiração divina trás o imutável veredito:

"Nenhuma condenação há para os que estão em Cristo Jesus; que não andam segundo a carne, mas segundo o Espírito".Romanos 8.1

A QUEDA DO ESPIRITO DE JEZABEL

A pré-vista queda, e os sintomas dela são tão aparentes que nem precisamos citar; pois um abismo chama outro abismo, e o declínio é uma realidade que não podemos contestar.

No entanto, antes que o mal lance às suas funestas raízes,  é tempo de  alertar o povo de Deus a fugir da prostituição espiritual, a qual é um dos alicerces para prostituição literal.

Precisamos negarmos a nós mesmos, tomando a nossa cruz para seguir o Senhor Jesus Cristo, e assim alcançarmos a tão almejada Coroa de Glória (a Salvação).