segunda-feira, 22 de maio de 2017

O TRIBUNAL - VESTÍGIOS

INTRODUÇÃO:

Os vestígios são rastros deixados na cena de delito ao qual nem sempre condizem com o stigma de culpa.

A soma das evidências dão corpo a uma tese; e esta é fundamentada na medida em que o pressuposto investigado não encontra argumentos convincentes para amenizar os sinais (sintomas) apresentados.

Há um adágio de sabedoria popular de que onde há fumaça é por que tem ou teve fogo.

A conivência com o dolo acentua o quem cala consente.

Isto não condena, mas indicia a uma investigação cautelosa na busca do grau de comprometimento.

O contexto no seu todo vai incrementar os bastidores de um tribunal.

AS CAUSAS:

Somos leigos, sem profundidade em assuntos dos direitos e deveres civis; tudo aquilo do pouco que escrevemos aprendemos nos bancos de ensino, e na escola da vida, onde as jurisprudências do tempo nos são como experiências vividas, em que a retórica corporativa não pode apagar.

Toda causa tem o seu efeito; e não há efeito sem causa, isto é cabal.

Se legislamos em causa própria desconhecendo os parâmetros da justiça, um dia, mais dia a casa cai, e a verdade vem a tona indiferente da nossa reles vontade.

Nos caminhos desta vida, erramos e acertamos; persistir no erro é uma causa sem efeito, e o delito é notório, e o preço comprobatório.

OS FATOS:

Os fatos dão monta ao corpo de um processo, e o volume deles compõe uma tese muito difícil de contestar.

O que estamos vendo, salvo a perícia dos defensores do direito de defesa, canalizam o embate a um veredito em que só O TRIBUNAL pode atestar. 

 O TRIBUNAL DO SENHOR JESUS CRISTO

A fé vem pelo ouvir (praticar tudo aquilo em que a fé anuncia), e o ouvir (praticar) pela Palavra de Deus.

A fé sem a prática das obras dela é morta. Sem fé é impossível agradar ao Senhor nosso amado e Bom Deus.

Do que adianta ganharmos o mundo inteiro, nos locupletando com às coisas indevidas dele, e perder a nossa alma?

Dois são os tribunais que estão nos reservados: 

1) O tribunal do galardão (Tribunal de Cristo) o qual receberemos o prêmio Salvação conjuntamente com as obras relativas a ela.

2) O Grande Trono Branco, ao fim do milênio, onde todo aquele que não obedeceu a Palavra da Verdade será julgado, condenado, e lançado no abismo do inferno.

Quais são os vestígios que estamos deixando na face da terra?

Estamos como peregrinos nela, e ou integrados a ela e às suas nunces condenativas?

Ainda é tempo de nos voltarmos de corpo e alma em busca de sanar às nossas dívidas com o Senhor nosso Deus, e com o nosso semelhante.

O Senhor Jesus Cristo está voltando; não há tempo a perder.